silvia abravanel e silvio santos
Crédito: Reprodução
em

A história de Silvia Abravanel: filha adotiva de Silvio Santos

A filha número dois do dono do Baú sempre se interessou em seguir os passos do pai

Quem acompanha a programação do SBT há anos, já viu algumas das filhas de Silvio Santos apresentando diferentes programas. Uma delas, a mais atuante na emissora, é Silvia Abravanel. Muitas pessoas julgam que Silva é bastante parecida com os pais, mas o que poucos sabem é que ela não é filha biológica de Silvio.

Quando Silvio estava casado com sua primeira esposa, Cidinha, e eles já eram pais de Cíntia, desejavam ter mais filhos, mas não estavam conseguindo. Então, optaram pela adoção. O casal conheceu a segunda filha, que batizaram de Silvia, quando ela tinha apenas 3 dias de vida.

Quando Silvia tinha 5 anos de idade, sua mãe Cidinha veio a falecer por causa de um câncer. Até então ela ainda não sabia que tinha sido adotada. A descoberta veio quando a menina estava com 8 anos, e o pai lhe explicou que, embora ela não fosse filha da barriga, era filha do coração.

Crédito: LEO FRANCO/AGNEWS

Silva nunca teve problemas por conta disso, pois sempre recebeu todo o amor e apoio dos pais para tudo. Logo depois, Silvio se casou com Íris, com quem teve as filhas Daniela, Patrícia, Rebeca e Renata. Todas sempre foram tratadas da mesma forma, e Silvia jamais se sentiu diferente das 5 irmãs.

Sempre ao lado do pai

Crédito: FRANCISCO CEPEDA/AGNEWS

Silvia ganhou mais visibilidade como pessoa pública quando assumiu a apresentação do programa Bom Dia & Companhia, em 2015. Mas, ela já trabalha com o pai no SBT há mais de 30 anos.

Em 2004 Silvia apresentou o programa Casos da Vida Real e depois o Programa Cor de Rosa. Quando esses programas terminaram, em 2007, ela se tornou diretora e produtora do núcleo infantil da emissora, e foi assim que, quando surgiu a oportunidade, ela passou a ser o rosto à frente do Bom Dia & Cia.

Braço direito de Silvio Santos nos negócios da família, Silvia sempre foi interessada pela televisão, comprovando que a influência de quem cria é ainda mais forte do que qualquer traço que se carrega no DNA. Em entrevista, ela declarou: “meu pai é meu exemplo, meu caminho, meu mestre. Tudo de bom que eu me tornei hoje eu aprendi com ele, porque ele sempre foi meu melhor amigo”.

Veja também: Veja como está o elenco do filme Lua de Cristal hoje em dia

varrer sem espalhar germes

5 Cuidados na hora de varrer para não espalhar vírus e bactérias

jovem esquizofrênico desenterrou a avó

Neto que desenterrou corpo de avó é esquizofrênico, e família explica que relação era de amor