perigos da Heracleum mantegazzianum
Crédito: Wikimedia Commons
em

Heracleum mantegazzianum: conheça essa planta altamente perigosa

Ao ter contato com sua seiva e expor a pele ao sol, poderá sofrer por anos com queimaduras graves

A Heracleum mantegazzianum é uma planta originária do Cáucaso, mas encontrada em diferentes partes da Europa, na Austrália e nos Estados Unidos. Seu nome popular é hogweed, que significa “erva daninha”, pois ela é uma planta invasora e ocupa grandes espaços, já que pode chegar a mais de 2 metros de altura, com folhas e buquês de flores bem grandes.

Crédito: BBC

Essa planta possui um alto valor nutricional, e por isso já foi muito cultivada para alimentação do gado. Mas, depois que os humanos tiveram contato e perceberam seus efeitos nocivos, começaram a se livrar dela, embora seja uma tarefa difícil, pois ela produz e espalha muitas sementes de uma só vez.

Qual é o perigo?

Crédito: BBC

O grande problema é que essa planta contém substâncias chamadas furocumarinas que causam mudanças na estrutura celular da pele. Ao entrar em contato com as substâncias, que ficam na seiva na planta, a pele fica desprotegida contra os efeitos da radiação UV. Então, se apenas roçar a pele na planta e expor a pele ao sol, poderá ter erupções severas, com bolhas e queimaduras.

Só é possível sentir os efeitos após 24 horas do contato com a planta, mas os efeitos nocivos podem levar anos para passar. Ou seja, sempre que a pele for exposta à luz natural, mesmo em dias nublados, poderá ter queimaduras. Em alguns casos a pigmentação da pele pode ser alterada de forma permanente.

Um estudo realizado na Suíça em 1996, observou que, de 29 pessoas intoxicadas pela planta, 18 tiveram consequências sérias. A partir de então ela foi considerada a segunda planta mais perigosa para os humanos. A título de curiosidade, a planta que está em primeiro lugar é a beladona (Atropa belladona).

alho confitado como fazer

Alho confitado: uma receita fácil para várias utilidades

filodendro

Filodendro: um gênero de plantas belíssimas para cultivar