hanseníase
Crédito: Wikimedia Commons
em

Hanseníase: o que é, quais os tipos e tratamento

Entenda um pouco mais sobre essa doença tão antiga e ainda tão carregada de preconceitos

A hanseníase é uma doença muito antiga, com relatos desde o século VI antes de Cristo. Ela é causada por uma infecção da bactéria Mycobacterium leprae e afeta o sistema nervoso periférico, principalmente orelha, nariz, mãos e pés.

Seus sintomas incluem perda de sensibilidade, manchas brancas ou vermelhas, perda de pelos e diminuição do suor. Após o diagnóstico confirmado, pessoas do convívio constante devem ser avaliadas, pois ela é transmitida pelas secreções do paciente, mas não há risco de ser contaminado através de uma interação social simples. Com os medicamentos atuais, a primeira dose do tratamento impede a transmissão.

Também era chamada de lepra, é uma doença carregada de preconceitos. Por isso, sempre que se referir aos doentes, evite a palavra “leproso”. 

Veja também: doenças causadas por bactérias consideradas mais graves

Tipos de hanseníase

Existem quatro tipos da doneça, que são classificadas de acordo com a resposta do organismo do infectado. Eles são diferenciados pela quantidade de bacilos presentes no organismo.

hanseniase tipos
Crédito: SulAmérica Saúde Ativa

Indeterminada

Esse tipo é a fase inicial da doença, caracterizada por uma mancha na pele, falta de sensibilidade e borda elevada. Apenas 25% dos casos do tipo indeterminado evolui para casos mais graves, os 75% restantes se curam sozinhos. Representa cerca de 90% dos casos e é mais comum em crianças.

Tuberculóide ou paucibacilar

O tipo tuberculóide, ou paucibacilar, é benigno e localizado, caracterizado pela presença de poucos bacilos. Ela não é contagiosa e sua manifestação é semelhante ao tipo indeterminado, porém as manchas podem causar dor e são poucas ou únicas.

Borderline ou dimorfa

Aqui é comum haver um número maior de manchas na pele, podendo ocupar uma grande área da pele. O tipo borderline, ou dimorfa, prejudica os nervos próximos as lesões, podendo haver dores agudas.

Multibacilar, lepromatosa ou virchowiana

Essa é a manifestação grave e contagiosa da doença, caracterizada pela presença de seis ou mais lesões na pele com muitos bacilos. As lesões são avermelhadas, elevadas e podem aparecer nódulos disformes. Outras características incluem inchaços, fraqueza muscular, erupções cutâneas e dormência. Normalmente atingem rins, nariz, cotovelos e orelhas.

Tratamento

hanseniase tratamento
Crédito: Pixabay

A doença atualmente é 100% curável, desde que seja tratada logo no início ou haverá incapacidade permanente. Os remédios utilizados são muito eficazes e já eliminam na primeira dose 99% das bactérias Mycobacterium leprae e impedem a transmissão da doença. O tratamento é disponibilizado pelo Sistema Único de Saúde (SUS) há mais de 40 anos, de forma totalmente gratuita.

Preconceito

A hanseníase é uma doença cercada de estigmas há séculos. Isso deve-se ao fato da doença causar deformidades, não haver cura até a segunda metade do século 20 e por existir uma cultura de isolamento dos doentes. Atualmente quem já passou pelo tratamento não pode infectar ninguém, mas sofre preconceito de quem não entende a doença.

Esse é o caso de Francisca Barros da Silva, de 63 anos, que descobriu a hanseníase aos 9 anos. Na época, Francisca morava em uma aldeia indígena no Amazonas e foi levada de sua família para uma colônia de isolamento em Rio Branco, no Acre, onde viveu até os 14 anos.

Já nos anos 1980, morando em Curitiba, capital do Paraná, Francisca estava curada. Porém, as marcas deixadas pela doença não facilitam sua vida. Ela chegou a ser expulsa da casa onde morava de aluguel depois do dono descobrir que ela tinha tido a doença. O proprietário ainda chegou a dedetizar a casa após a saída de Francisca.

As mãos e os pés quase sem dedos da mulher chamam atenção de todos pelos lugares que frequenta. Alguns são preconceituosos e outros curiosos. Francisca não se incomoda com as perguntas dos curiosos. Além disso, ela adora conversar sobre a doença e fazer os outros entenderem sobre a patologia.

8 Benefícios da couve-flor para o organismo

enroladinho de salsicha

Enroladinho de salsicha: 10 receitas para qualquer festa ou encontro