sebastião salgado e esposa replantam floresta
Crédito: Ricardo Beliel
em

Fotógrafo Sebastião Salgado e esposa estão há mais de 20 anos replantando floresta

A fazenda da família estava destruída, assim como a alma do fotógrafo. Então, ele resolveu promover o renascimento

No ano de 1994 o fotojornalista Sebastião Ribeiro Salgado estava na África Oriental para documentar o terrível genocídio de Ruanda, que ocorreu de 7 de abril a 15 de julho daquele ano, durante a Guerra Civil de Ruanda. Dá para imaginar o quão traumatizante foi para o fotojornalista presenciar cenas de tamanha maldade. Ele voltou ao Brasil de coração partido, sentindo-se tão morto quanto aquelas pessoas injustiçadas.

Em seu retorno, Sebastião então foi para a fazenda da família, em Minas Gerais, que costumava ser uma exuberante floresta com rica fauna e flora. Mas não foi isso que ele encontrou. No local havia apenas 0,5% de árvores e não havia mais vida selvagem. Em entrevista ao The Guardian, ele afirmou “a terra estava tão doente quanto eu”.

Aquele momento da vida de Sebastião precisava de renascimento em todos os sentidos. Então, sua esposa Lelia teve a ideia de replantar a floresta que havia antes naquela fazenda. Eles não poderiam fazer isso sozinhos, e assim, em 1998, eles fundaram o Instituto Terra, uma organização ambiental dedicada ao desenvolvimento sustentável do Vale do Rio Doce.

Nos anos seguintes, Sebastião e Lelia, junto com a equipe do Instituto Terra, começaram um cuidadoso trabalho de renascimento da floresta de 709 hectares. Agora, a antiga fazenda familiar é uma Reserva Particular do Patrimônio Natural que conta com 293 espécies de árvores, 172 espécies de pássaros, 15 espécies de répteis e anfíbios e 33 de mamíferos.

View this post on Instagram

– How an entire forest with 2,7 million trees has been restored in 20 years —- When the Brazilian photojournalist Sebastião Salgado returned home after his traumatic assignment of reporting on genocide in Rwanda, the Minas Gerais, his home, which was once a paradise of tropical forests, had turned into a barren land with no trees and no wildlife. He and his wife Lélia founded Instituto Terra as a beacon to awaken environmental awareness of the need to restore and conserve forest land. —- Native species of trees were chosen with the aim of creating a forest of high biomass and diversity. Have returned 293 species of plants, 33 of mammals, 15 of reptiles and 15 of amphibians. —- By December 2012, the Instituto Terra had developed about 700 educational projects and brought in about 65,000 people who work in more than 170 municipalities present in the Valley of the River Doce. It covered the states of Minas Gerais and Espírito Santo, as well as reaching out to states of Rio de Janeiro and Bahia. —- #sebastiaosalgado #institutoterra #aimorésminasgerais #savetherainforest

A post shared by Kim Izidi (@kimizidi) on

Toda essa nova fauna e flora que eles devolveram para a terra teve um grande impacto da vida das pessoas que vivem na região, alterando o clima, rejuvenescendo nascentes e melhorando a qualidade de vida. O resultado até agora é sensacional, e também cumpriu com uma das missões iniciais: “todos os insetos, pássaros e peixes voltaram e, graças a esse aumento de árvores, eu também renasci – esse foi o momento mais importante”, disse Sebastião.

Veja algumas fotos do antes e depois, do trabalho cuidadoso da equipe e das espécies que hoje vivem livres da reserva:

Quando se trata de Restauração Ecossistêmica a natureza precisa de mais que 10 anos. Veja o que o Instituto Terra já…

Publicado por Instituto Terra em Sexta-feira, 18 de janeiro de 2019

Publicado por Instituto Terra em Sexta-feira, 20 de junho de 2014

 

O trabalho de produção de mudas nativas para reflorestamento de Mata Atlântica e o monitoramento da vazão de água das…

Publicado por Instituto Terra em Quarta-feira, 14 de outubro de 2015

A reconstrução de uma floresta vai além do plantio de mudas nativas. Florestas não são apenas árvores. As interações…

Publicado por Instituto Terra em Sexta-feira, 31 de julho de 2015

Conheça mais sobre o projeto e veja quem são Sebastião e Lelia, neste vídeo do Instituto Terra:

Veja também: mulher se comove com foto de cão em lixão e o faz ser resgatado

receita de arroz caipira

Receita de arroz caipira delicioso com frango

receitas de guacamole

Receita de guacamole e + 3 variações para experimentar