em

O fármaco que combate o câncer

Recentemente, um grupo de investigadores norte-americanos descobriu um medicamento que vai alterar completamente a forma como é usual pensar no câncer.

Esses investigadores dizem que esse fármaco é capaz de destruir eficazmente as células cancerígenas. Ele foi testado em animais e, se chegou à conclusão, que conseguiu identificar as células cancerígenas entre as células saudáveis, fazendo com que se eliminem a elas próprias. Consegue imaginar as vantagens?

Ao atuar diretamente nas células cancerígenas, esse fármaco faz com que se evitem os efeitos secundários dos tratamentos mais convencionais, como a quimio e a radioterapia, pois consegue distinguir as células boas das más.

Os investigadores chegaram à conclusão que o câncer que sairá mais beneficiado com essa forma de tratamento é o câncer da mama e, principalmente, os tipos de câncer que apresentarem um crescimento mais cavalgante. No entanto, esse fármaco contribui também para o retrocesso de outros gêneros de câncer que são conhecidos. Ele não atuará diretamente nas células doentes, mas vai fazer com que seja mais eficaz o transporte dos restantes fármacos até às células que necessitam de tratamento.

O universo científico é vasto, principalmente quando se fala no tratamento de doenças tão mortais como o câncer. Enquanto essa vastidão é favorável na descoberta de possíveis formas de tratamento, ela pode, por vezes, ser prejudicial, no que diz respeito à competitividade entre instituições dedicadas à investigação ou entre as empresas que produzem e distribuem os fármacos. No entanto, essa descoberta, de que lhe falamos nesse artigo, tem vindo a fazer um grande furor entre os cientistas, que já pensam em aplicar a mesma forma de atuação no tratamento de outro gênero de doenças, principalmente nas viroses, como o Zica e o Ébola, para referir apenas alguns exemplos.

O processo que causa o câncer é chamado de carcinogênese e demora a ocorrer, podendo demorar vários anos até que uma célula se transforme em uma célula cancerígena e dê origem a um tumor. As causas para uma carcinogênese são variadas mas incluem, particularmente, fatores herdados e fatores de exposição, como o tabagismo ou a exposição a determinados produtos químicos.

Entre as possíveis causas de um câncer estão: a exposição a radiações, a exposição a produtos químicos, vírus, tabagismo, consumo de álcool, uma má alimentação, a falta de atividade física, o mau funcionamento do sistema imunológico, uma disfunção hormonal ou, como já falamos, uma situação hereditária.

Para diminuir as chances de sofrer um desses problemas, você deve evitar tudo o que já referimos, enquanto se esforça por levar uma vida o mais saudável possível.

One Comment

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0

A folha que evita derrames, diabetes, hipertensão e alzheimer

Tratamento para os rins e para pressão arterial