Excesso de cera no ouvido
Crédito: Freepik
em

Excesso de cera no ouvido: o que pode ser e como tirar?

A cera é normal, mas existem motivos que aumentam sua produção, causando sensação de entupimento e redução da audição

Publicidade

Todo mundo tem cera no ouvido, é normal. De acordo com os profissionais do Centro Auditivo Viver, a cera, também chamada de cerúmen, é uma mistura de pele, poeira e secreções oleosas que são produzidas pelas glândulas sebáceas do ouvido.

A cera age como barreira protetora e lubrificante do ouvido. Portanto, é normal e necessária para proteger os ouvidos da poeira e de micro-organismos que podem causar infecção.

Porém, em muitas pessoas, a cera é produzida em maior quantidade, chegando ao ponto de bloquear parte da audição. Quando isso acontece, se forma a chamada rolha de cera que pode ser removida, mas com cuidado para não machucar ou prejudicar ainda mais a saúde auditiva.

O que causa o excesso de cera no ouvido?

Nas pessoas que têm o hábito de remover cera do ouvido com frequência, mesmo sem necessidade, a tendência é que as glândulas sebáceas, responsáveis pela produção da cera, aumentem cada vez mais essa produção.

Publicidade

Quando essas glândulas sentem que têm cera de menos, elas naturalmente produzem mais porque acreditam que os ouvidos estão sem a devida proteção. Então, essa é uma das causas.

Além dessa, o excesso de cera no ouvido pode se formar por causa de:

  • Pressão no ouvido, zumbido e tonturas;
  • Redução parcial e temporária da audição;
  • Uso de fones de ouvidos ou protetores auditivos tipo plugs intra-auriculares e moldes de silicone (usado por alguns nadadores);
  • Utilização de hastes flexíveis com algodão na ponta (Cotonete), que ajudam a empurrar para dentro o cerume, facilitando seu acúmulo.

Como tirar o excesso de cera do ouvido?

A recomendação é que você vá ao médico porque é perigoso tentar remover a cera por conta própria. Existe o risco de perfuração do tímpano, levando à surdez permanente.

Publicidade

Além do mais, precisa saber como e quanto remover de cera, pois se tirar demais, vai deixar o ouvido desprotegido contra doenças como eczema do meato acústico externo, otite externa micótica e exostoses e osteomas do meato acústico externo.

Pode tirar o excesso de cera em casa sem ir ao médico?

Existem remédios na farmácia que ajudam a amolecer a cera do ouvido, e que podem ser comprados sem receita médica para fazer em casa. Mas, é recomendado ir ao médico mesmo assim, pois se houver uma infecção no ouvido, a situação pode piorar ao usar o remédio.

Outra opção que é bastante popular, usada desde antigamente, é pingar 2 ou 3 gotas de um óleo vegetal morno, como óleo de amêndoas doces, óleo de abacate ou azeite, no canal auditivo para amolecer a cera. Depois, fazer uma limpeza só na área externa com uma toalha, sem colocar nada dentro do ouvido.

Publicidade

Cuidado: esse método não deve ser feito por mais de uma semana, pois pode fazer a produção de cera aumentar ainda mais. Se continuar saindo muita cera do ouvido, mesmo depois de uma limpeza caseira, ou se mesmo com esse método, a cera não sair, precisa ir ao médico.

Consumo de energia

Aparelhos desligados gastam energia?

Doenças que cães e gatos podem passar para os humanos

9 Doenças que cães e gatos podem passar para os humanos