ex- the voice kids critica programa
Crédito: Reprodução TV Globo
em

Ex-participante do The Voice Kids faz postagem criticando o programa

A jovem acredita que a competição entre crianças pode resultar em baixa autoestima e problemas psicológicos

Bel Sant’Anna é uma adolescente de 15 anos que participou da edição do The Voice Kids 2019. Ela chegou a ser selecionada para o time de Simone e Simaria, mas foi eliminada na fase das batalhas.

Depois de alguns meses, a jovem resolveu publicar em seu Twitter o que realmente acha sobre a mecânica do programa, que na sua opinião é cruel, no sentido de que ninguém deveria colocar crianças para competirem entre si.

“Eu sei que ninguém liga, e vocês podem até achar que eu tô cuspindo no prato em que eu comi, mas na minha opinião The Voice Kids deveria ser proibido. Não só porque as crianças estão sendo usadas pra entretenimento alheio, mas eu já senti na pele como é estar lá e não me fez bem”, disse Bel.

Ela deixou claro que não houve qualquer tipo de abuso ou tratamento agressivo por parte da produção do programa, e que sua crítica era exclusivamente ao fato de que muitas crianças saem psicologicamente abaladas de uma competição como essa.

“Gente, calma, ninguém abusou de mim ou coisa do tipo, me trataram muito bem em vários aspectos, o que eu tô falando é sobre a mecânica do programa. Vou explicar. Acontece que quando se colocam crianças para competirem entre si em prol do entretenimento alheio, já passa a ser algo duvidoso. Tenho que dizer que na época que eu fui (com 13 anos), a perspectiva de fazer parte disso era fantástica. Na minha cabeça, era tudo as mil maravilhas”.

Apesar de a experiência ter sido positiva de modo geral, por conhecer como é a produção de um programa dessa magnitude e pelas amizades que fez, Bel ainda acha que poucas crianças estão realmente preparadas para serem desqualificadas, quando ainda não encaram seu talento como um trabalho ou uma competição.

“A experiência em si foi boa considerando as amizades que eu fiz durante o processo. Mas eu não tinha preparo psicológico e muito menos emocional para enfrentar um baque daqueles. Podem dizer que eu só ‘não sei perder’ porque foi isso que eu achei por muito tempo. Fui desqualificada nas batalhas e eu perdi toda a minha autoestima. Tudo o que fazia eu querer cantar. Toda a mágica que a música tinha pra mim foi embora porque eu pensava que não era boa o suficiente pra continuar. Alguém lá dentro me designou ruim demais para seguir no show”.

A publicação teve grande repercussão, e Bel ficou assustada, pois não esperava que tantas pessoas fossem reagir, tanto positiva quanto negativamente.

O desabafo dela gerou comentários diversos, muitos deles criticando a atitude da menina, que talvez não tivesse feito essa publicação negativa se tivesse sido a vencedora. Outros disseram que ela deveria ter sido melhor preparada pelo pais, pois competições existem e vão ser cada vez mais cruéis ao longo da vida.

Bel comentou, ainda, que as psicólogas da produção, designadas a ajudar as crianças a lidarem com a pressão e também com a derrota, não ajudaram de verdade. Meses depois ela precisou de terapia, pois ainda se sente insegura a tudo que faz com relação à música.

Relembre como foi a primeira aparição de Bel no The Voice Kids:

saída de banho de crochê modelos e passo a passo

Saída de banho de crochê: tutoriais + fotos para inspiração

quando picada de inseto é preocupante

Quando as picadas de inseto nas crianças são preocupantes?