em

FofoFofo

Aprenda a evitar a secura da pele no inverno

Veja alguns cuidados para tomar com a chegada do frio e manter a sua pele sempre hidratada

Com a chegada do clima frio e seco do inverno a pele pode ter problemas. Além de uma hidratação extra, as baixas temperaturas exigem outros cuidados.

Por causa do afinamento da epiderme (camada superior da pele), que acontece com o passar dos anos, as pessoas mais velhas estão mais expostas a ferimentos e ressecamento, e isso piora no inverno.

Para evitar o envelhecimento da pele, é preciso atenção a alguns inimigos naturais: o cigarro, o excesso de sol, alimentos muito gordurosos, glúten, lactose e toxinas, como as contidas no mercúrio e no alumínio.

A pele e o frio

Como dissemos, o frio pode ser um inimigo para a saúde da pele. Por isso, é importante redobrar os cuidados nessa época do ano, para não sofrer com a queda das temperaturas.

Embora tentador naquele friozinho, o banho muito quente retira proteção da pele, por isso é bom evitar “cozinhar” num banho quente demorado. Mas é claro que não é preciso partir para o extremo oposto, já que a água fria não possui o mesmo “poder” de relaxamento da água quente, o que é muito importante nos dias mais frios.

Na hora da limpeza, preste atenção ao sabonete que usa. O mais indicado para manter a epiderme protegida é o líquido, mas que seja à base de óleo. Depois do banho, enxugue-se com uma toalha macia e use creme hidratante em todo o corpo. Aos mais velhos, é indicado o uso de um creme clínico, que possui elementos mais poderosos que os de perfumaria. É a melhor forma de evitar a escamação da pele.

Manter os hormônios em equilíbrio e evitar agasalhos sintéticos diretamente sobre o corpo são mais dois fortes aliados para evitar algumas inflamações dermatológicas.

Perigos causados pela falta de cuidado com a pele

No Brasil, o câncer de pele é o que atinge mais pessoas. Portanto, se tiver sinais e pintas que mudam de tamanho, de cor ou tenham formatos irregulares (sem simetria), procure um dermatologista.

Tenha atenção ainda com machucados cor-de-rosa que não cicatrizarem. Se notar algo parecido, procure um médico o quanto antes.

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0

Comentários

Aprenda a normalizar a pressão com receitas caseiras

Tendinite: causas e tratamento