enfermeira cova
Crédito: Radio Alto Alegre
em

Enfermeira desabafa sobre mortes por covid no hospital onde trabalha

Em choque, enfermeira fala sobre sua percepção sobre uma sala chamada de cova no hospital

Lawanna Rivers é uma enfermeira estadunidense que luta contra a covid diariamente. Recentemente, ela foi transferida para uma unidade localizada em El Paso, o University Medical Center, que fica no Texas. Lá é onde se acumula o maior número de casos. Depois de ver a situação em que foi colocada, ela fez um vídeo que está levantando muita discussão.

O que aconteceu

Primeiro de tudo, não há provas de que o que a enfermeira relata seja verdade. Ela gravou um vídeo sem mostrar a situação, somente suas impressões. Ainda assim, é extremamente válido como um ponto de partida para investigações sérias e aprofundadas, por autoridades locais. O que se sabe é que, ao chegar no hospital, ela foi designada para uma unidade que ninguém quer ir.

Só para você ter uma ideia, o local é chamado informalmente de “cova”. É para lá onde os pacientes graves com covid vão. As enfermeiras só podem sair para ir ao banheiro ou para o almoço de 30 minutos, passando o dia tentando amenizar a dor dos doentes. Segundo Lawanna, os médicos não colocam os pés no local, para não se contaminarem. Além disso, elas só podem tentar 3 medidas de socorro extremo para cada paciente, mesmo que ele tenha chances de viver.

Desdobramentos

A enfermeira relata que a única paciente que sobreviveu foi a esposa de um médico local, chamada de paciente VIP. Ela acredita que toda essa situação esteja acontecendo por que El Paso é reconhecidamente um local onde vivem minorias étnicas e pessoas com menores condições econômicas.

O hospital lançou uma nota dizendo que se sensibiliza com a situação extrema com a qual os profissionais de saúde vêm lidando. Além disso, afirma que tem feito o possível para lidar com a pandemia, mesmo com El Paso em estado de Catástrofe. Até o momento, não afirmou se vai abrir algum tipo de investigação, estando o caso em aberto.

Para ter mais algumas informações, veja a notícia nesse rápido vídeo (ative as legendas).

Se preferir assistir ao vídeo original, pode acessar esse na página da enfermeira, sem legenda e em inglês:

menino pede boneca

Como essa família reagiu quando o filho pediu uma boneca

máscara reconstrutora para cabelo ondulado

Restauração capilar caseira: uma opção para encorpar fios finos