duvidas sobre furunculos
Crédito: Wikimedia Commons
em

13 Dúvidas sobre furúnculos: saiba como lidar com essa infecção

Se não forem tratados corretamente, os furúnculos podem se espalhar pelo corpo e causarem complicações

Quando surgem na pele nódulos de cor avermelhada, dolorosos, enrijecidos e quentes, por vezes com ponta amarelada (indicando a existência de pus), são os furúnculos. Eles se parecem com espinhas internas e são, na verdade, inflamações cutâneas causadas pela entrada de bactérias nos poros. Mas, diferente das espinhas comuns, eles não podem ser espremidos e exigem mais cuidados. Então, tire suas dúvidas sobre furúnculos para aprender a lidar com esse tipo de infecção sem tanto sofrimento.

Tire suas dúvidas sobre furúnculos

as principais duvidas sobre furunculos
Crédito: Dr. Drauzio Varella

Embora muitas espinhas de nível grave deixem a pele bem danificada e causem bastante dor, nem sempre são furúnculos. Mas, o principal sintoma deles é justamente a dor. Tire todas as suas dúvidas sobre furúnculos.

1. Furúnculo pega?

Sim, porque são bactérias que o originam. Inclusive, é interessante saber que o desenvolvimento do furúnculo é associado à baixa imunidade. Isso quer dizer que as pessoas com imunidade enfraquecida têm maior predisposição a desenvolver essa infecção, já que as bactérias invasoras não serão combatidas com eficácia pelo organismo.

2. Depilação causa furúnculo?

Não exatamente. A depilação em si não é a causa, porém, como provoca lesões na pele, pode ser a porta de entrada das bactérias causadoras da inflamação.

3. Deve ser espremido ou retirado?

Não, o furúnculo nunca deve ser espremido por conta própria. Geralmente ele se rompe sozinho, mas caso esteja muito dolorido, é preciso ir ao médico para fazer uma drenagem cirúrgica. Se quiser estimular a abertura do furúnculo, o calor úmido na área afetada ajuda no processo de drenagem natural. Então, faça compressas quentes sobre o furúculo várias vezes ao dia, mas nunca esprema, pois a infecção vai se espalhar.

4. É necessário tomar medicamentos?

Dependendo do caso, sim. Quando o furúnculo é muito grande, incômodo e não está querendo sair sozinho, se justifica a administração de antibióticos de uso tópico ou via oral. A indicação de remédios só pode ser realizada por um médico.

5. Como saber se é furúnculo ou pelo encravado?

A foliculite, conhecida como pelo encravado, surge de maneira mais superficial e não tão dolorosa à volta do pelo. Já o furúnculo é mais profundo e doloroso, como um abcesso.

6. Quanto tempo demora para cicatrizar?

O tempo de incubação é de 4 a 10 dias. O perigo de contágio existe enquanto a bactéria Staphylococcus estiver ativa, mesmo que a pessoa não tenha sintomas. Quando acontece a propagação dos furúnculos que demoram muito tempo até cicatrizarem, deve-se recorrer a medicamentos antibióticos prescritos pelo médico.

7. Pode aparecer mais de um ao mesmo tempo?

Pode, e quando acontece se chama furunculose. Nesse caso, o que acontece é que a infecção bacteriana se propaga por vários folículos, geralmente quando a pessoa tenta espremer ou quando o furúnculo se abre sozinho e o pus infectado se espalha em outras partes do corpo.

8. Como distinguir um furúnculo de uma espinha?

O furúnculo e a espinha, ainda que muito semelhantes, têm causas bem distintas no corpo. A acne é uma doença dos folículos pilossebáceos; estruturas formadas por glândulas sebáceas e pelos. O desequilíbrio da queratinização folicular (poros entupidos), o aumento da secreção de sebo e a existência de bactérias na pele são os fatores que estão associados com o surgimento da acne.

Já os furúnculos são abcessos na camada dérmica que podem chegar até o tecido gorduroso, podendo aparecer nas glândulas sebáceas ou não. Os furúnculos são mais doloridos e podem provocar febre.

9. Em que parte do corpo costumam aparecer?

Surgem normalmente no pescoço, seios, nádegas, virilhas e no rosto, especialmente nas regiões que têm pelos e naquelas que ficam úmidas e em atrito com as roupas. Mas podem aparecer em qualquer parte do corpo.

10. Como é possível evitar o surgimento?

Para reduzir a chance de propagação da bactéria, são essas as recomendações:

  • Lave as mãos depois de mexer no furúnculo;
  • Não compartilhe sua roupa, lenços, lençóis ou toalhas;
  • Lave toda a roupa, que esteve em contato com a pele, com água fervente;
  • Lave com água e sabão a zona do furúnculo, depois que ele romper sozinho;
  • Troque as compressas e jogue as usadas no lixo.

11. Estourou e não saiu tudo: o que fazer?

Essa é uma importante pergunta das dúvidas sobre furúnculos. Nesse caso, deve-se limpar bem a região em volta com gaze descartável e sabonete antisséptico, depois fazer um curativo em cima e ir ao hospital ou unidade de saúde para que os enfermeiros terminem de remover o pus da forma mais adequada. Se mexer por conta própria, poderá espalhar as bactérias e causar mais infecções.

12. Furúnculo dá atestado?

Depende. O médico irá verificar a gravidade e a localização do furúnculo na pele. Ele vai dar um atestado, caso o paciente esteja incapacitado de trabalhar por causa da infecção, seja porque está com febre ou porque o furúnculo está em um local que o impeça de ficar sentado por horas, por exemplo. Cada caso é um caso.

13. Furúnculo na cabeça é perigoso?

O perigo do furúnculo na cabeça é o mesmo do que em qualquer outra parte do corpo. Se a pessoa tentar espremer e acabar se infectando ainda mais, as bactérias podem ir mais fundo e até mesmo atingir a corrente sanguínea. Então, se não for devidamente tratado, é perigoso em qualquer parte do corpo.

2 Comments

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0
infarto sozinho

Como sobreviver a um infarto sozinho

tirar risco de inox

Como tirar risco de inox: veja quais produtos pode utilizar