dicas montar uma cozinha planejada
Crédito: Freepik
em

6 Dicas para quem sonha em ter uma cozinha planejada

A cozinha planejada é o seu sonho de consumo? Então confira algumas dicas importantes para pensar antes de fazer esse investimento

Publicidade

Ter uma cozinha planejada pode ser uma grande realização ou uma dor de cabeça. Tudo vai depender dos cuidados que você tiver antes de fazer esse investimento, que não é dos mais baratos. Mas, se seguir essas dicas importantes, certamente vai chegar ao melhor resultado e depois é só aproveitar o espaço mais precioso da casa, do jeitinho que você sempre quis.

1. Primeiro decida sobre os eletrodomésticos

A cozinha planejada deve se encaixar perfeitamente ao ambiente da sua cozinha para ter o melhor aproveitamento possível do espaço. Mas, para isso, você primeiro deve escolher seus eletrodomésticos grandes, como geladeira, fogão, fornos, coifa e até a máquina de lavar, caso não tenha lavanderia e queria colocá-la na sua cozinha. As quantidades, tipos e medidas dos eletros precisam estar na mão para depois criar o desenho dos móveis planejados.

2. Pense em tudo (ou quase tudo) que você vai guardar na cozinha

Para saber quantos armários, bancadas, portas, gavetas, prateleiras e nichos sua cozinha planejada vai ter, você precisa saber o que vai guardar em cada lugar. Não precisa saber exatamente de tudo, mas com base no que você tem atualmente e no que pretende comprar, é possível ter ideia. Assim você evita falta de espaço ou espaços inúteis quando a cozinha estiver pronta e for a hora de botar tudo no lugar.

3. Pense em como é a rotina na sua cozinha

Além de aproveitar todos os espaços, a cozinha planejada precisa ser funcional, ou seja, fornecer praticidade e facilitar a organização. Então, imagine-se usando a cozinha e pense se vai precisar de uma bancada grande ou pequena ao lado do fogão, de uma mesa no centro ou no canto da cozinha, prateleiras, quais espaços extras, etc.

Publicidade

4. Tire as medidas exatas da cozinha

Se você contratar um arquiteto ou designer de interiores para projetar a sua cozinha planejada, esse profissional será o responsável por tirar as medidas. Se você contratar uma boa marcenaria, o marceneiro responsável irá na sua casa tirar as medidas.

Mas, se for você a pessoa responsável por isso, preste bem atenção nessa etapa, pois as medidas da cozinha devem ser exatas, como a marcenaria pedir, ou os encaixes dos móveis e o aproveitamento dos espaços não serão perfeitos.

5. Lembre-se dos pontos de energia e hidráulica

Esse cuidado é fundamental para que a sua cozinha seja funcional. Se o projeto for feito por um arquiteto ou designer de interiores, o profissional vai levar isso em consideração. Mas, se você pensar em tudo por conta própria, precisa dar uma conferida na planta de elétrica e de hidráulica da sua cozinha para evitar furos em paredes com canos e fiações, para colocar a pia no lugar certo e aproveitar todas as tomadas e pontos de luz existentes.

Publicidade

6. Circulação no ambiente

Para agilizar as tarefas e evitar acidentes, você também precisa considerar um bom espaço de circulação na cozinha. Então, imagine quanto espaço vai sobrar se resolver colocar uma ilha ou uma mesa no centro e as portas dos armários estiverem abertas: vai dar pra passar?

Pode ser melhor ter portas de correr e bancos que ficam guardados embaixo da bancada pra ocupar menos espaço? A porta da geladeira pode atrapalhar a entrada e saída da cozinha? Imagine-se usando a cozinha no dia a dia para se lembrar desses detalhes e evitar arrependimentos.

Veja também: Lindos modelos de cozinha planejada para desejar a sua

Publicidade
Saídas para renovar o piso sem reforma pesada

4 Saídas para renovar o piso sem reforma pesada

dedos em garra

Dedos em garra: saiba o que é, as causas e como tratar