em

4 dicas para combater a micose vaginal

Soluções naturais para manter a sua saúde íntima

micose vaginal

As infecções fúngicas vaginais, também conhecida como micose ou candidíase, são ocasionadas pela proliferação de fungos da espécie Candida albicans. Em geral, o que acontece é algum tipo de desequilíbrio no pH da região, promovido por algum fator específico como doenças ou excesso de produtos de limpeza.

Sintomas como alergia, coceira e vermelhidão são determinantes para diagnosticar a causa.

Ela é muito mais comum no período mais quente, devido alternância entre ao calor excessivo e umidade proporcionado pelo verão. A micose vaginal também pode estar relacionada com mudanças hormonais, mudanças na alimentação e até mesmo a erros na hora da higiene.

Remédios caseiros para micose vaginal

Apresentamos algumas soluções simples e naturais para aliviar, prevenir e diminuir esses sintomas desagradáveis.

Infusão de alecrim

Antiviral natural e analgésica, alivia a coceira e a inflamação vaginal.

Modo de preparo:

Prepare uma infusão de alecrim, deixe esfriar, filtre-a, e depois a utilize para lavar as partes íntimas.

Você  pode também umedecer com essa água de alecrim um absorvente e usar por algumas horas, aliviando assim a sensação de ardência.

Iogurte

O iogurte é uma fonte rica de probióticos, permitindo a restauração do equilíbrio natural da acidez dessa região.

Modo de preparo:

Faça uma máscara de iogurte natural, deixando-a agir na região da vulva por alguns minutos.

Se incluir o iogurte da sua alimentação diária, ele irá fortalecer sua imunidade e equilibrar seu organismo, evitando coceiras e irritações.

Infusão de camomila

A camomila com suas propriedades calmantes é um bálsamo que alivia com eficiência as irritações nas áreas íntimas. Porém, vale lembrar que ela não possui ação antibacteriana.

Modo de preparo:

Faça um chá com as flores de camomila e lava a região afetada.

Óleo de coco

Antifúngico e antiviral, o óleo de coco é ótimo para aliviar a coceira vaginal.

Modo de preparo:

Aplique diretamente na região que sofre com a irritação.

Dicas para evitar a micose na vagina

Prevenir é sempre o melhor remédio. Confira algumas dicas para isso:

1. Evite o açúcar; ele favorece a proliferação e desenvolvimento de fungos;

2. Sempre que possível, utilize sempre produtos com pH neutro na hora de realizar sua higiene íntima;

3. Dê preferência por calcinhas de algodão, elas são mais finais e evitam o calor e umidade na região;

4. Não fique muito tempo com o biquíni molhado; seque bem a vulva após o banho, mantenha a região sempre seca, evitando assim novos focos de contaminação.

São dicas simples que você pode fazer hoje mesmo e com certeza irão ajudar a melhorar sua higiene íntima e evitar o desconforto ocasionado por fungos e micoses.

Importante: as dicas do site não substituem uma consulta ao médico!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Loading…

0

Comentários

comentários

Acabe com os maus odores em casa com apenas 3 ingredientes

4 bebidas para desintoxicar o fígado e emagrecer dormindo