em

Como cuidar de suculentas

Quer ter plantinhas suculentas pela casa inteira? Veja os cuidados que elas precisam para ficarem sempre saudáveis
cuidar de suculentas
Crédito: Pxhere

O nome “suculenta” já remete ao que essas plantinhas fazem para sobreviver, que é armazenar água dentro de suas raízes e folhas para que permaneçam hidratadas em período de seca. Isso ocorre porque elas são plantas nativas de terras desérticas, então essa é uma adaptação genética que ocorre mesmo quando você deseja cuidar de suculentas sem deixar que falte água para elas. Veja o que deve fazer para preservar suas suculentas saudáveis e bonitas.

6 Dicas para cuidar de suculentas

dicas para cuidar de suculentas
Crédito: Pixabay

Além da beleza única dessas plantas exóticas, que são encontradas em diversos tamanhos e com características peculiares, uma grande vantagem de cuidar de suculentas é que elas são plantas menos sensíveis. Ainda assim precisam de cuidados, porém são ideais para quem gosta de plantas naturais, mas não tem muito tempo ou acaba esquecendo de se dedicar a elas diariamente.

1. Como regar as suculentas

Se você tiver suculentas novas, ainda em formação, durante a primeira semana deverá regá-las dia sim e dia não. Passado esse tempo, no verão, basta regar a terra das plantinhas uma vez na semana ou uma vez a cada 15 dias.

Durante o inverno não precisa regar com tanta frequência. A dica é ficar de olho na terra, molhando sempre que perceber que ela está muito seca. O período de rega pode variar conforme as estações e o local onde a suculenta fica, pois, se ela ficar muitas horas no sol, vai acabar precisando de mais água.

Se você mora em uma região muito seca e perceber que a terra está bem seca, não precisa esperar um dia determinado para regar. Faça uma nova rega para manter a terra úmida, mas não encharcada.

É importante que no fundo no potinho tenha uma camada de areia, pedrinhas e furos para que o excesso de água possa escoar.

2. Escolha o substrato e drenagem do solo

O substrato é a terra das suas suculentas. Na hora de comprá-la, se for em uma loja de produtos agrícolas, compre um substrato próprio para suculentas, alguns pedriscos tipo brita ou argila expandida e um pouco de areia (não pode ser areia da praia).

Essa mistura é ideal para manter dentro do potinho, sendo que as pedras devem ficar no fundo e a areia pode ser misturada com a terra. Se quiser manter a terra úmida por mais tempo, coloque alguns pedriscos ou serragem na parte de cima da terra também, mas sem cobrir por completo.

3. Use um adubo específico

Quanto ao adubo, que é o alimento das plantas, escolha de preferência o húmus de minhoca que é natural e garante que as plantas não morram intoxicadas com químicos. Pode ser outro tipo de composto orgânico também. Se preferir os adubos não orgânicos, escolha uma opção própria para suculentas e tome mais cuidado com a quantidade, seguindo as orientações do rótulo do produto.

4. Iluminação

É comum pensar que para cuidar de suculentas basta deixá-las pegando sol o dia inteiro, mas não é assim que funciona. Antes de comprá-las, pesquise bastante sobre cada tipo, pois cada uma tem necessidades diferentes.

Há plantas que gostam de luz solar direta o dia todo, outras que gostam apenas de luminosidade indireta e tem as que gostam de luz direta só na metade do dia. Escolha de acordo com o tempo que terá para se dedicar às plantas.

5. Prefira vasos de cerâmica

Os vasinhos de cerâmica (barro), ajudam a drenar o excesso de água do solo, enquanto os de plástico não cumprem com essa função, então devem ser evitados. Também é importante escolher vasos que tenham furos no fundo, pelo mesmo motivo. Então, pois mais que seja bonito plantar as suculentas pequenas em xícaras, por exemplo, não é o recomendado.

6. Limpe a planta e a terra

É comum que, de tempos em tempos, você veja algumas folhas secas e murchas caídas na terra. É o processo natural de renovação das folhas, então só precisa removê-las e continuar mantendo sua planta saudável.

Já se perceber que tem folhas ainda bem firmes, mas queimadas ou enrugadas, observe se pode ser excesso de sol ou falta de água por muito mais tempo do que deveria. Se estiverem com folhas amolecidas e amarelas, pode ser excesso de água. Troque a terra por um substrato novo para que a planta se recupere.

Qual a diferença entre cactos e suculentas?

Os cactos são um tipo de suculentas, pois eles também têm a característica de armazenar água por mais tempo. Entretanto, nem todas as suculentas são cactos. Somente as plantas da família Cactaceae são cactos, então observe o nome científico na hora de escolher as suas. Para identificar com mais facilidade, a maioria dos cactos (com algumas exceções) possuem espinhos, alguns têm pelinhos e sua estrutura é inteira, chamada de cladódio, sem folhas e ramos.

Veja mais algumas dicas úteis de como cuidar das suas suculentas e cactos:

fazer marmitas congeladas
Como fazer marmitas congeladas
seios flácidos
Como levantar seios flácidos com 10 dicas mais que especiais