em

6 Cuidados com cães idosos que você deve ter

Saiba como perceber que seu cão está entrando nesta fase e como proceder com os cuidados dele.
cuidados com caes idosos
Créditos: Pxhere

Entre os 7 anos de idade, os cães começam a apresentar alguns sinais de envelhecimento, podendo passar a ter algumas dificuldades de mobilidade, dores ou mau funcionamento de alguns órgãos. Para isso, existem alguns cuidados com cães idosos que você deve começar a pensar e pesquisar, e assim estar ao lado do seu pet nessa fase complicada para qualquer ser vivo.

6 Dicas para cuidar de cães idosos

cuidados com caes idosos dicas
Crédito: Max Pixel

Os cuidados com cães idosos não são poucos e você deverá estar disposto a dar mais atenção a eles e as suas necessidades. Tenha paciência e dê muito amor para eles nessa fase, e esteja disposto também a mudar alguns comportamentos na sua própria rotina para beneficiar o seu cão.

1. Alimentação

Assim como os humanos, os animais idosos têm uma redução na velocidade do funcionamento dos órgãos, por isso deve-se ter cuidados com cães idosos em relação à alimentação. Com a idade, a absorção e digestão dos alimentos ocorre mais lentamente.

É importante que o dono disponibilize rações de fácil absorção e que tenham uma carga nutricional bem completa. Consulte um profissional para se informar da necessidade do seu animal.

Além disso, os animais também tendem a perder os dentes com a idade. Se o seu pet já apresenta essa dificuldade, então você pode começar a dar uma ração que seja mais cremosa, após consultar o seu profissional. Enquanto você não visita o profissional, não deixe seu cãozinho sofrer para realizar as refeições.

Adicione um pouco de água morna na ração dele para que amoleça, ou triture-a. A dificuldade em mastigar pode levar o animal a deixar de se alimentar levando a consequências mais graves. Se ele não se alimentar nem uma vez no dia, encaminhe-o ao veterinário para que seja diagnosticado.

Um dos importantes cuidados cuidados com cães idosos que você deve ter, é revisar sempre se há água no recipiente dele, pois muitos cães idosos tendem a beber mais água e urinar mais, podendo levá-lo à desidratação caso não haja água disponível constantemente.

2. Limitações físicas

cuidados com caes idosos mobilidade
Créditos: Greatdogwalktogether

É comum entre os animais que eles passem a ter problemas de locomoção devido ao desenvolvimento de doenças como artrite, artrose e problemas de coluna. Caso o seu animal esteja assim, não o obrigue a praticar exercício físico. Evite fazer com que ele tenha que se mover bruscamente ou por mais tempo do que ele suporta.

Outra dica é evitar que ele suba as escadas. Facilite a chegada dele à comida, água, cama e lugar para fazer as necessidades, retirando esses obstáculos do caminho dele. Esse passo é muito importante, pois os animais idosos se hidratam mais e realizam suas necessidades com mais frequência.

3. Atividades

Se o seu cão já apresentar dificuldade de mobilidade, você deve estar atento ao ritmo e aos limites dele. Se ele apresentar cansaço, não o obrigue a praticar os exercícios físicos e as brincadeiras.

Apesar disso, ele não deve ficar sempre parado. Leve-o para exercícios leves, como caminhadas de curta duração, para que ele não se torne sedentário e desenvolva algum risco de saúde a partir disso.

4. Veterinário

Entre os cuidados com cães idosos está a ida deles ao veterinário. Assim como os adultos idosos, eles também precisam de assistência médica com mais frequência, preferencialmente a cada 6 meses ou de acordo com a recomendação do profissional. Dessa forma, o acompanhamento da saúde do seu cãozinho estará mais regular e o profissional poderá fazer o controle de possíveis doenças decorrentes da idade.

5. Temperatura

cuidados com caes idosos temperatura
Créditos: Gaso-mex

Um dos cuidados com cães idosos mais negligenciados pelos donos é a exposição deles às temperaturas extremas. Os cães idosos têm menor tolerância a temperaturas muito baixas ou muito altas. Evite deixar o cão preso nessas condições. Posicione a cama dele próximo a um lugar arejado e com temperatura confortável.

6. Paciência e muito amor

À medida que os pets vão envelhecendo, você deve dá-lo mais atenção e cuidados. Isso requer mais paciência, amor e empatia, mas se você não as tem, não adquira um cão logo de início.

Você deve estar mais atento às necessidades do seu pet para que ele não realize tantos esforços que já não podem mais fazer. Você talvez terá que mudar a sua rotina para poder cuidar melhor do seu cãozinho, e ele continuará a lhe proporcionar bons momentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Loading…

0
Comentários

comentários

cabelo cronograma capilar
O que é e como fazer cronograma capilar
raiva canina
O que é, sintomas e tratamento da raiva canina