em

Sintomas e como tratar a doença conhecida como conjuntivite canina

Essa complicação pode surgir a partir de problemas sérios. Saiba como cuidar de seu cão!
conjuntivite canina
Créditos: Max Pixel

A conjuntivite canina é tão comum quanto a conjuntivite humana. Ela se trata de uma inflamação da membrana mucosa na região dos olhos. A doença é percebida facilmente, pois apresenta sinais visíveis nos cães, como olhos avermelhados, olhos lacrimejantes e criação de secreção.

Sintomas

conjuntivite canina causas
Créditos: Ethology Institute Cambridge

Os sintomas são perceptíveis e podem ser muito incômodos para o cãozinho. Ele pode passar a ter dificuldade para abrir os olhos e, consequentemente, para enxergar. Assim como a conjuntivite em humanos, a doença surge em um dos olhos. Se demorar para ser tratada, pode ser transmitida para o outro, causando vermelhidão.

O cachorro também passa a ter um comportamento diferente, pois a luz em contato com os olhos causa muito desconforto. Assim, ele passa a evitar os ambientes com mais luz da casa e se esconde em lugares mais escuros, evitando o contato com a luminosidade.

O cão lacrimejar é muito comum, pois o corpo produz as lágrimas a fim de limpar, de lubrificar e de eliminar os sintomas. Porém, não só não elimina tais sintomas, como também não pode evitar a coceira que a doença causa na região dos olhos.

Além disso, a criação de secreções, ou remelas, é normal. Isso é uma tentativa de defesa do organismo, porém dificulta a visão. Por isso deve ser buscada ajuda veterinária para efetuar o tratamento de conjuntivite canina.

Causas

A conjuntivite canina pode ocorrer devido ao contato com poluentes, tais como poeira, poluição ou grãos que entram em contato com a área ocular. Além disso, pode surgir a partir de uma alergia a alguma planta. Em último caso, também pode ocorrer devido a alguma má formação na região dos olhos, como nas pálpebras enos cílios, por exemplo.

Em casos mais graves, a conjuntivite canina pode surgir devido a apresentação de doenças mais perigosas, como cinomose e hepatitel. Por isso, não se deve adiar a ida ao veterinário.

Como tratar

Após buscar a ajuda de um profissional, ele vai lhe passar as instruções mais apropriadas. No entanto, é comum que a conjuntivite canina seja tratada com o uso de antibióticos e anti-inflamatórios, dependendo do que ocasionou a doença.

Também pode ser recomendado que seja feita a limpeza dos olhos do animal com algodão umedecido com soro fisiológico. Isso retira as secreções e alivia os sintomas.A aplicação de medicamentos tópicos e a limpeza com soro fisiológico serão feitas algumas vezes ao dia, de acordo com a recomendação do veterinário.

Prevenção

conjuntivite canina tratar
Créditos: Cesar’s Way

Para prevenir o seu cãozinho de conjuntivite canina, é importante que ele tenha uma alimentação saudável e balanceada, já que isso mantém a imunidade em dia. Também é recomendado que mantenha uma boa higiene ocular. Evitar que os pelos do animal fiquem em constante contato com os olhos também é uma boa forma de prevenção, pois os pelos podem causar uma irritação que pode eventualmente transformar-se em uma conjuntivite canina.

Saiba mais sobre essa doença no vídeo abaixo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Loading…

Comentários

comentários

como fazer massa de pizza low carb e sem gluten com couve-flor
Como fazer massa de pizza low carb e sem glúten com couve-flor
sudorese
O que é, quais as causas e quais os tratamentos da sudorese excessiva?