dicas de como tratar herpes labial
Crédito: Freepik
em

Como tratar herpes labial: uma infecção comum, mas incômoda

Essa doença não tem cura, mas tem um tratamento simples que inclui medicação e um estilo de vida saudável

A herpes labial é uma doença causada pelo vírus herpes humano 1 que caracteriza a herpes simples com lesões na boca. Mas existem outras 8 variações desse vírus que afetam os humanos de diferentes formas, seja por contato sexual ou contato no dia a dia, inclusive resultando na catapora. O que você vai conhecer agora é como tratar herpes labial que faz parte do grupo de herpes simples.

Tratamentos para herpes labial

dicas de como tratar herpes labial com segurança
Crédito: Freepik

A herpes labial deixa feridas dentro e ao redor da boca e pode afetar inclusive os bebês com o sistema imunológico enfraquecido. Também é muito comum em crianças por causa do contato físico umas com as outras sem a preocupação com objetos e ambientes que possam estar infectados e levando as mãozinhas à boca.

Não é possível curar a herpes. Há pessoas que passam a vida com o vírus no organismo, mas sem apresentar sintomas. Já outras pessoas com organismo mais sensível podem ter os sintomas sempre que o sistema imunológico se enfraquece. Veja como tratar herpes labial de forma segura e manter-se longe das feridas.

Medicamento antiviral

Os medicamentos para herpes devem ser recomendados pelo médico depois de avaliar a necessidade do paciente. Conforme recomenda o Dr. Drauzio Varella, pode ser prescrita uma medicação antiviral para combater o ataque do vírus e fazer as feridas sumirem em bem menos tempo (de 2 a 5 dias) do que ocorreria de deixasse sair sozinho (mais de 1 semana). A medicação pode ser em forma de comprimido ou pomada para aplicar diretamente sobre a lesão.

Alimentação saudável

Tanto para tratar quanto para manter o vírus inativo sem causar sintomas é muito importante levar um estilo de vida saudável, com alimentação balanceada, muita água, frutas, verduras, legumes, leguminosas, cereais, sementes, carnes e laticínios, evitando os industrializados e os excessos. Tudo isso porque o vírus fica mais forte se o organismo estiver fraco.

Manter uma boa higiene pessoal

Como o vírus pode ser transmitido de pessoa para pessoa apenas com o compartilhamento de objetos pessoais, faz parte ter cuidado com quem vai escolher beijar e evitar ficar compartilhando seus objetos de uso pessoal. Pode ser que você mesmo ou outra pessoa da sua confiança e amizade estejam infectadas sem saber e acabem transmitindo a doença.

O que NÃO FAZER para tratar herpes labial

Depois de saber como é feito o tratamento – que também inclui a prevenção –, veja o que não deve ser feito se estiver com herpes labial, pois poderá agravar o quadro:

  • Nunca estoure as pequenas bolhas que surgem na ferida;
  • Nunca mexa nas feridas, tentando arrancar as casquinhas, pois vai piorar;
  • Não coloque sobre as feridas nenhum tipo de substância que desconheça o resultado, seja gelo, chá cicatrizante ou água morna. Por mais inofensivo que pareçam esses remédios caseiros, cada organismo é único e pode reagir de forma diferente do esperado, piorando a lesão.

Pode até parecer que os remédios caseiros vão ajudar as feridas a sumirem, pois, de fato, você irá perceber uma melhora dentro de uma semana ou mais. Porém, essa cura ocorreria mesmo sem o uso de qualquer remédio caseiro, pois é o ciclo natural do vírus que vai e volta conforme as condições de saúde do paciente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0

Comentários

alongamento para a lombar

Como fazer exercícios de alongamento para a lombar

Mulher de 74 anos ela dá à luz gêmeas e é a mãe mais velha do mundo

Mulher de 74 anos ela dá à luz gêmeas e é a mãe mais velha do mundo