em

Viver o luto: a saudade não é dor, é gratidão

Apesar da dor inestimável que a perda de alguém querido provoca, é possível sentir a saudade por uma perspectiva positiva, que acalenta o coração.

Quanto mais amadurecemos, mais percebemos que a vida passa rápido. Muitas vezes, só depois de um trauma ou de uma perda, entendemos o verdadeiro valor de estar perto de quem gostamos.

Mas a perda de alguém querido não precisa ser um mártir eterno. A saudade que sentimos tem um propósito para ser, que é bonito e revigorante quando nos permitimos vivê-lo intensamente.

A saudade não deve ser vista como sofrimento, mas sim, como a gratidão que sentimos pelos momentos inesquecíveis que dividimos com a pessoa querida. Por isso, viva a saudade em sua forma positiva, conversando, lembrando, agradecendo e tendo a certeza de que você nunca estará só. Uma história escrita com amor jamais é apagada.

1 – Não há razão para desespero

O desespero aparece quando nos sentimos fora de controle, muito tristes, sem ver saída para a saudade. Acontece que a saudade não é um problema, é um amuleto para ajudar você a viver esse momento de dor. Ela permite que você reviva boas lembranças em sua mente. Que reflita e compreenda que a vida neste plano é passageira para todos nós.

2 – Converse

Converse consigo mesmo, converse com a pessoa que partiu. Converse com o universo e com outras pessoas em quem confia. É muito importante aliviar a pressão da mente e do peito através de conversas, expondo seus sentimentos de dor, tristeza, arrependimento, alegria, lembranças e novos planos. Fale do passado, do presente e do futuro.

3 – A pessoa que partiu está bem

Mesmo não podendo ter certeza de como é o lugar para onde vamos depois desta vida, é reconfortante imaginar que a história continua, mas em outro cenário. Está tudo bem, quando chegar a sua vez, você saberá. Mas enquanto isso, precisa erguer a cabeça e cumprir com a sua missão neste plano.

4 – Tenha paciência

Não seja tão rígido consigo mesmo. Não tenha pressa para se livrar da angústia. Procure sentir a saudade na sua forma mais bonita, com amor, boas lembranças e alegria. É assim que seu ente querido quer te ver. Feliz, apesar da saudade, pois ela não vai embora, apenas vai se tornar uma parte boa de você. Quanto mais o tempo passar, melhor você vai aprender o momento certo de deixar a saudade vir à tona, trazendo lembranças positivas.

5 – Siga em frente

Seguir em frente não significa esquecer da pessoa querida. Mas sim, continuar seu caminho, carregando ela no coração. As coisas mudaram, não há como voltar atrás, e isso não é um erro, é uma continuação. Agora é você aqui e ela lá, como quando ficamos longe por causa de uma viagem.

Você vai se adaptar e evoluir, permitindo que estes novos sentimentos e esta experiência sejam a pavimentação do seu caminho. Você nunca andará só enquanto a saudade for a sua mais bela forma de gratidão.

Redigido por Priscilla Riscarolli

Graduada em Comunicação Social, decidiu trocar as campanhas publicitárias pela produção de conteúdo para inspirar as pessoas a enriquecerem suas vidas com mais informação, bem-estar e criatividade.

One Comment Leave a Reply
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Loading…

0
Comentários
A importância do café da manhã para a saúde do coração
De empregada doméstica à juíza: um relato de superação.