cuidados com a planta comigo-ninguém-pode
Crédito: Wikimedia Commons
em

Comigo-ninguém-pode: veja as dicas de cultivo dessa planta

O principal cuidado é evitar que essa planta fique ao alcance de crianças e animais, pois ela é altamente tóxica

Publicidade

A planta comigo-ninguém-pode é uma daquelas clássicas que você via nas casas das avós e das tias, perto das samambaias, quando era criança. Ela possui lindas folhas variegatas (verde com creme), é uma folhagem exuberante, mas precisa tomar cuidado, porque é altamente tóxica. Aprenda a cultivar essa planta na sua casa, com segurança, para extrair dela apenas os benefícios.

Características gerais da comigo-ninguém-pode

Possivelmente, essa planta é originária da região da Costa Rica e Colômbia. Seu nome científico é Dieffenbachia, ela fica com pequeno ou médio porte e é ótima para ornamentar ambientes internos, especialmente para quem ainda não tem o hábito de cuidar das plantas e prefere espécies de fácil cultivo, que não exigem muita atenção.

Cuidado com a toxicidade da comigo-ninguém-pode

dicas de como cuidar da planta comigo-ninguém-pode
Crédito: Wikimedia Commons

A comigo-ninguém-pode é uma planta perigosa para ambientes com crianças e animais de estimação, pois ela é tóxica. Nessas condições, prefira cultivá-la em um lugar em que os pequenos e os pets não consigam mexer na planta.

Publicidade

Até mesmo os adultos precisam ter cuidado no manuseio dela, utilizando luvas, pois ela realmente pode causar problemas. O composto tóxico está presente em todas as partes da planta, e se ela for ingerida acidentalmente, pode até levar à morte por asfixia, já que causa inflamação e inchaço na região da boca e garganta. Talvez por isso que tenha recebido esse apelido intimidador.

Regas

As regas para essa planta não têm segredo. O importante é regar sempre que perceber o substrato quase seco, e molhar até a água começar a sair pelo fundo do vaso.

Mas, por ser muito resistente, se você esquecer de regá-la até o substrato secar, ela ainda vai aguentar firme até voltar a receber as regas periódicas. Por isso que é uma boa planta para quem está começando a ser um cultivador.

Publicidade

Temperatura

Mesmo sendo uma planta bem resistente, a comigo-ninguém-pode não gosta de climas muito frios. Então, deixe ela protegida em uma área interna, caso more numa cidade do sul, onde o inverno é muito frio. Além disso, evite mantê-la em ambiente com ar-condicionado em temperatura muito baixa.

Luminosidade

Dentro de casa essa planta vai muito bem, pois ela gosta de meia sombra. Se for plantar no jardim, procure um espaço embaixo de uma árvore, onde ela vá ficar protegida por algumas horas de sombra, na maior parte do dia. O sol direto e em excesso queima as folhas.

Adubação

No caso de a sua planta estar meio murcha, desanimada, mas estar recebendo a água necessária e boa luminosidade, pode ser que ela esteja precisando de adubo. Use um NPK com uma proporção maior de nitrogênio, ou seja, com mais quantidade da letra N, como estiver descrito na embalagem do adubo. Para um adubo natural, misture na terra um pouco de esterco de gado curtido ou húmus de minhoca.

Publicidade

Reprodução da comigo-ninguém-pode

Quando a sua planta estiver ficando muito alta, com um caule bem comprido na parte inferior (parte verde-escuro com anéis brancos), você pode cortar estacas com pelo menos 10 centímetros e colocar na água para criar raízes. Depois, é só replantar na terra.

Atenção com a dengue: enquanto a planta estive na água, coloque uma colher pequena de água sanitária e uns pedacinhos de carvão para prevenir o aparecimento de mosquitos da dengue.

simpatias com comigo-ninguém-pode

3 Simpatias com a planta comigo-ninguém-pode

Grupo se organiza e doa quase 3.500 refeições para quem tem fome

Grupo se organiza e doa quase 3.500 refeições para quem tem fome