Coisas que você deve tirar do seu guarda-roupa o quanto antes
Crédito: Freepik
em

9 Coisas que você deve tirar do seu guarda-roupa o quanto antes

Abra espaço no seu armário e faça bom uso das peças que você mais gosta

Quantas coisas têm dentro do seu guarda-roupas só ocupando espaço, mas que não são úteis na sua rotina? Então, tudo isso que você pensou agora pode sair do seu armário.

Não quer dizer que deva jogar tudo fora, vender ou doar. Algumas coisas de valor emocional podem ficar guardadas em uma caixa, em outro lugar.

A ideia é você abrir espaço no seu armário para deixá-lo mais arejado e organizado, e assim trazer mais praticidade ao seu dia a dia, na hora de se vestir.

1. Meias e luvas sem par

Se você sempre abre a gaveta, olha para aquela meia ou luva que está sem par, e nunca usa, é hora de se livrar dessa peça. Ela será mais útil servindo para tirar o pó dos móveis do que se ficar aí solitária na sua gaveta.

2. Roupas desconfortáveis

Sempre tem aquele casaco que pinica, aquela gola muito apertada, uma blusinha que fica caindo a alça para o lado. Se você nunca usa, tire já daí. Nesse caso, você não vai voltar a usar, então seria legal doar.

3. Calças que não servem mais

Calças, shorts, saias… Deixaram de servir? Você pode até querer deixá-las no guarda-roupa como um lembrete de que quer perder peso para voltar a usá-las. Mas, não engane a si mesma. Não é assim que você vai decidir emagrecer. Pode guardar essas peças em uma caixa separada para quando atingir seu objetivo, aí sim trazê-las de volta à ativa.

4. Peças rasgadas e furadas

A menos que você use essas peças com frequência para ficar em casa, não há motivo para que elas fiquem ocupando espaço no seu armário.

5. Itens duplicados

Algumas peças são tão boas de usar, que você gosta de ter duplicadas para usar uma enquanto a outra está suja. Mas, se não for o caso, venda ou doe a peça duplicada, pois uma é o suficiente na sua vida.

6. Presentes que ganhou e não gostou

Se você deixou passar o prazo de troca de uma peça que ganhou e não gostou, não é no seu guarda-roupas que ela deve ficar, a menos que você esteja tentando se convencer de que, talvez, tenha gostado. Passe adiante, pois pode agradar a outra pessoa.

7. Peças com apego emocional

Tem roupas que são verdadeiras memórias afetivas. Isso é bem legal, mas se são peças que você não usa com frequência, arrume um cantinho bem guardado para deixá-las protegidas, ao invés de deixá-las expostas no seu guarda-roupas.

8. Peças compradas por impulso, nada a ver com você

Já deu a louca e você comprou uma peça de roupa ou acessório nada a ver com seu estilo? Então encontre alguém que vá gostar e dê de presente.

9. Roupas que não usa há mais de 6 meses

Já se passaram duas estações e você não usou certas peças, nem tem previsão de usar? Algumas você sabe que não vai usar tão cedo, então é melhor doar. Aquelas que você adora, mas não surgiu a oportunidade de usar, guarde em uma caixa organizadora para abrir espaço no seu armário.

tonico para queda de cabelo

Tônico caseiro para queda de cabelo: 2 receitas saudáveis

Influenciadora gasta R$ 39 mil em plástica para diminuir a testa

Influenciadora gasta R$ 39 mil em plástica para diminuir a testa: “Me sinto mais proporcional”