como cuidar de Chifre-de-veado
Crédito: Freepik
em

Chifre-de-veado: como cuidar e fazer mudas dessa planta

Essa linda planta pode ficar dentro do seu apartamento ou na árvore que tem no seu quintal

Publicidade

O nome científico da planta chifre-de-veado é Platycerium bifurcatum e essa é uma das plantas mais cobiçadas para os jardins internos que as pessoas estão cultivando atualmente. Por mais que seja uma planta espaçosa, pode sim cultivá-la dentro de casa, inclusive em um apartamento. Veja quais são as dicas de cultivo e como fazer mudas para aumentar sua coleção ou para presentear os amigos.

Cuidados básicos com o chifre-de-veado

O nome popular do chifre-de-veado fica óbvio ao observar o formato das folhas da planta, que se parecem com chifres de veado mesmo, até em tamanho real, por isso são tão grandes. Veja o que precisa fazer para manter sua planta linda e saudável em casa.

Terra para plantio

Crédito: Multiflora Fernandópolis

Quando for transferir o seu chifre-de-veado para um vaso novo, escolha um substrato bastante fibroso, soltinho, com menos ou nada de terra, pois essa é uma planta epífita, ou seja, na natureza ela cresce nos troncos das árvores e, por isso, suas raízes não são habituadas a ficarem enterradas em solo compacto. Pode fazer uma mistura de musgo esfagno com casca de pinus e fibra de coco, sem nada de terra.

Luminosidade

Mantenha seu chifre-de-veado em um local onde pega bastante claridade, mas não deixe o sol bater diretamente sobre as folhas, pois elas não suportam tanto calor e podem queimar. Se for pegar sol direto em algum momento do dia, que seja o sol mais fraco do começo da manhã ou finalzinho da tarde.

Publicidade

Regas e adubação do chifre-de-veado

Crédito: Freepik

O chifre-de-veado tem dois tipos de folhas: as férteis e as coletoras. Enquanto as férteis são as responsáveis pela reprodução natural da planta, as coletoras são as responsáveis pela absorção de água e nutrientes na natureza.

Sabendo disso, na hora de regar e adubar a sua planta, faça a rega e uma adubação líquida em cima das folhas coletoras. Na hora de adubar, use um adubo líquido equilibrado, como um NPK 10-10-10, uma vez por mês.

Em algumas plantas, a parte das folhas coletoras, que fica na base das folhas férteis, pode parecer seca e morta, pois fica marrom. Mas, ainda estão vivas e com raízes, então pode regar e adubar nesse local.

Publicidade

Uma das características das samambaias é que elas gostam de ficar com as folhas úmidas, como ocorre em seu habitat natural. Então, você pode usar o borrifador também para umedecer as folhas férteis no comecinho do dia.

Reprodução de mudas

Reprodução de mudas de chifre-de-veado
Crédito: Um Botânico no Apartamento

O chifre-de-veado é uma samambaia, por isso, não vai produzir flores, frutos nem sementes. Sendo assim, não tem como reproduzi-la por sementes. E também por esse motivo, as folhas dessa planta têm um monte de bolinhas marrons na parte de trás, como qualquer outra samambaia. Essas bolinhas são os esporos que é a forma como a planta se reproduz naturalmente.

Mas, para fazer novas mudas, basta você identificar quando o seu chifre-de-veado estiver com uma mudinha nova, que cresce encostada nas folhas coletoras, e usar um estilete esterilizado para cortar essa muda.

Publicidade

Depois, use um pedaço de tronco de árvore para encostar essa mudinha, já que ela precisa ter uma base sem terra para fixar raízes. Pode amarrar de leve, com arame, a base da muda no tronco e usar um pouco de esfagno entre a muda e o tronco para ajudar na absorção de água e nutrientes. É o mesmo jeito de fixar mudas de orquídeas epífitas.

Desprincesar os filhos

“Desprincesar” os filhos: a importância de educar dessa forma e como fazer

o que é Bexiga hiperativa

Bexiga hiperativa: conheça as causas e tratamentos