em

Benefícios e como fazer chá de melissa

O chá de melissa tem ação narcótica e promove relaxamento, mas é preciso tomar alguns cuidados ao consumi-lo.
chá de melissa
Crédito: Pxhere

Também chamada de erva-cidreira e capim-limão, a melissa é uma das plantas mais utilizadas na medicina natural, principalmente sob a forma de chá de melissa. Com certeza você já consumiu essa bebida, e talvez nem soubesse de seus benefícios. Conheça suas propriedades e saiba em que casos ela não é recomendada.

Benefícios do chá de melissa

De sabor adocicado, essa planta pode ser a melhor amiga de quem sofre com ansiedade, estresse e distúrbios do sono. Entenda o motivo.

Reduz o estresse e a ansiedade

A principal propriedade do chá de melissa é atuar como um calmante natural, capaz de reduzir o estresse e a ansiedade e relaxar os músculos, proporcionando uma sensação de bem estar geral.

Combate a insônia

A melissa tem ação narcótica, termo que se refere à substâncias que adormecem ou reduzem a sensibilidade. Beber uma xícara antes de dormir melhora a qualidade do sono, atrelada ao benefício de ter o estresse e ansiedade reduzidos.

Ajuda na digestão

As propriedades da melissa auxiliam na digestão, principalmente após refeições pesadas ou quando você come demais, e ajudam na eliminação de gases. Outra vantagem é que a planta combate as náuseas e vômitos.

Abaixa a febre

O chá promove a transpiração, o que reduz os sintomas da febre e diminui a temperatura corporal. Além disso, combate a gripe, enxaqueca e sintomas da TPM.

Tem propriedades antiespasmódicas

Essas propriedades aliviam a rigidez muscular e nas juntas, além de combater dores musculares e cãibras.

Como preparar o chá

Para potencializar o efeito calmante da melissa, adicione camomila e mel no preparo do chá. Caso queira consumir de forma contínua procure um médico para se informar melhor sobre os riscos.

Ingredientes

  • Melissa desidratada: 1 colher de sopa;
  • Água: 200 ml.

Modo de preparar

1. Ferva a água até levantar borbulhas.

2. Adicione a melissa e deixe descansar por até 15 minutos.

3. Coe e beba em seguida.

Contraindicações e cuidados

O chá de melissa não é recomendado para grávidas e lactantes. Seu consumo também não é recomendado várias vezes ao dia, já que promove relaxamento e pode prejudicar seu desempenho em outras atividades.

É importante frisar que a bebida pode interagir com remédios para dormir; por isso, converse com seu médico antes de consumir o chá de maneira contínua.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Loading…

0
Comentários
chás para pressão alta
7 Chás para pressão alta e seus benefícios para o coração
aditivos alimentares
O que são e por que são utilizados aditivos alimentares?