em

AmeiAmei

Como fazer o cardápio para jejum intermitente: dicas e benefícios

O jejum intermitente pode ser feito para emagrecer ou para reeducar sua rotina.
cardápio para jejum intermitente
Crédito: Freepik

Jejuar é uma prática que sempre existiu nos registros históricos da humanidade. Hoje em dia é por meio do jejum intermitente que essa prática tem voltado a se popularizar. Então, saiba um pouco mais a respeito desse tema, conheça o cardápio para jejum intermitente e seus benefícios à saúde.

Para começar, é bom saber que o jejum intermitente é um estilo de alimentação. Ele varia entre períodos de alimentação saudável com períodos de jejum. Esses períodos de jejum costumam durar 16 horas para iniciantes e perduram pelo quanto a pessoa se sentir confortável, conforme o seu organismo permitir.

Há praticantes experientes do jejum que chegam a ficar dias apenas alimentando-se do que o cardápio do jejum permite. Mas é preciso lembrar que essa prática necessita de acompanhamento médico e toda uma transformação dos seus hábitos de vida, relacionando alimentação, atividade física, sono e trabalho. Tudo isso influencia e atua em conjunto.

Cardápio para jejum intermitente

Para começar a praticar o jejum intermitente você precisa começar sem fazer jejum. O primeiro passo é consultar um nutricionista para conhecer a situação atual do seu organismo e colocá-lo em equilíbrio. O profissional irá prescrever uma reeducação alimentar que seja livre de qualquer produto industrializado. Esse será o seu cardápio para jejum intermitente.

Você passará a se alimentar apenas do que é puro e natural. Para isso, precisa realmente querer transformar seu estilo de vida e estar consciente da sua atitude, pois embora seja um processo simples, pode ser difícil para muitas pessoas. Nessa reeducação alimentar, antes mesmo de iniciar qualquer período de jejum, você irá se alimentar preferencialmente de fontes orgânicas.

O que comer

  • Frutas;
  • Legumes;
  • Verduras;
  • Carnes magras;
  • Ovos;
  • Laticínios de processos naturais;
  • Mel puro;
  • Sementes;
  • Oleaginosas (castanhas, nozes, amêndoas, macadâmias);
  • Óleos naturais de coco, oliva, amêndoas.

O que reduzir ou cortar, conforme a recomendação do nutricionista:

  • Carboidratos, mesmo os naturais, como arroz e batata;
  • Açúcar industrializado;
  • Gordura industrializada.

A razão de reduzir os carboidratos ao máximo, especialmente aqueles de absorção rápida, é porque eles farão ter picos de insulina no sangue, serão digeridos rapidamente e logo você estará desejando mais açúcar de novo.

Enquanto estiver se adaptando a essa reeducação alimentar, ao mesmo tempo deverá melhorar seus hábitos de vida, como:

  • Deixar de fumar;
  • Reduzir consideravelmente as bebidas alcoólicas;
  • Dormir bem;
  • Praticar atividade física regularmente.

A partir desse momento você estará preparado para iniciar os seus períodos de jejum. O modo inicial é chamado de jejum 16/8, no qual você fica 16 horas sem comer, sendo que em boa parte dessas horas você estará dormindo. Então você irá comer de forma saudável e moderada, das 12h às 20h. E depois fará jejum novamente.

Durante essas 16 horas de jejum você poderá beber água à vontade, um pouco de café puro e chá puro, sem leite nem qualquer tipo de açúcar.

Esse processo pode ser interrompido sempre que você quiser ou achar necessário. O que significa que você voltará a comer o café da manhã, um lanche da manhã e alguma coisa após as 20h. Sempre dentro da sua dieta de reeducação alimentar para manter seu organismo equilibrado e pronto para reiniciar o jejum quando você quiser.

Depois que se habituar com o jejum 16/8 poderá evoluir para jejum 24 horas e assim por diante. Não existe uma regra de tempo em jejum a ser seguida. Esse processo só diz respeito a você, a sua relação com seu corpo e com sua mente. É um processo de conexão pessoal.

Benefícios do jejum intermitente

Além do benefício macro do jejum intermitente, que é melhorar sua saúde e sua qualidade de vida, esse processo age de forma bastante interessante no organismo. Suas células conseguirão se renovar com maior facilidade, seu sistema imunológico irá se fortalecer e você ficará menos doente.

Enquanto você seque o cardápio para jejum intermitente, o seu corpo vai começar a entender o que está acontecendo e vai se adaptar aos seus novos hábitos. Ele vai modificar os processos de liberação hormonal, de renovação celular e o comportamento dos sistemas todos do corpo.

Os níveis de insulina no seu sangue vão reduzir e os seus hormônios do crescimento serão liberados em maior volume. Seu corpo não terá mais carboidratos nem excesso de açúcares para queimar, então irá começar a queimar gordura. É aí que você começa a emagrecer de forma saudável.

O jejum não será um processo de passar fome, pois o seu corpo estará nutrido com o que é essencial. Por isso, você estará se sentindo mais disposto, com a mente funcionando melhor e sentirá o equilíbrio tomando conta de todo o seu corpo.

As dicas deste artigo não substituem a consulta ao médico. Lembre-se que cada organismo é único e pode reagir de forma diferente ao mencionado. E para obter os resultados mencionados também é preciso aliar a uma vida e alimentação saudável e equilibrada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0
Comentários
penteados para cabelos cacheados
10 Ideias de penteados para cabelos cacheados para você arrasar!
óleo de rícino para barba
Para que serve usar óleo de rícino para barba e como aplicá-lo?