Cachorrinha
Imagens: Turtle Mountain Animal Rescue Network

Cachorrinha é resgatada quase congelada e doente na neve

Ela passou por situações que muitos cães adultos e fortes não conseguiriam. É uma vencedora.

Publicidade

Este inverno está sendo o mais congelante dos últimos tempos nos Estados Unidos. Um dos estados afetados pela nevasca mortal é a Dakota do Norte, onde a cachorrinha Roma foi resgatada.

A pequena Roma e seus irmãozinhos nasceram embaixo de uma varanda de concreto, já que sua mãe não tinha para onde ir.

Eles não receberam os cuidados que precisavam, ficaram expostos aos riscos da rua. Ainda assim, havia chance de sobreviverem. Mas, como filhotinhos e uma mãe fraca poderiam sobreviver a um frio de -24 graus?

Veja também: Cachorro com aparência chocante finalmente consegue ajuda

Um bom samaritano ouviu os filhotinhos embaixo daquela varanda e de toda a montanha de neve, e chamou socorro.

Publicidade
Foto: Turtle Mountain Animal Rescue Network

A Turtle Mountain Animal Rescue Network (Rede de Resgate de Animais Turtle Mountain) recebeu uma chamada urgente e, quando Keith Benning chegou para salvar os cães, encontrou o solo congelado.

Então, o primeiro desafio foi conseguir alcançar os cachorrinhos que estavam debaixo da neve congelada e do concreto da varanda. Ele usou uma picareta, muito esforço e paciência, até que conseguiu.

Benning compartilhou um vídeo no Facebook : “Não é possível levantar a varanda sem correr o risco de machucar a mãe e os filhotes. O solo está congelado 3 pés abaixo, então temos que cavar e cavar rápido.”

Publicidade

Depois do resgate, Keith disse ao KFYR TV News que levou 45 minutos para cavar um buraco grande o suficiente para alcançar os cães. Quando ele tentou agarrar Roma, a cachorrinha se encolheu.

“Tive que parar um minuto e descansar o braço e uma última vez consegui fisgá-la e puxá-la. Ela veio cambaleando. Tinha que ser assim”, disse Keith.

Veja também: Mulher encontra seu pai cochilando com cachorros da vizinhança

Publicidade

A mãe e os seus quatro filhotes foram retirados do esconderijo congelante em que estavam. Mas, infelizmente, os três irmãozinhos de Roma não suportaram o frio.

A filhote sobrevivente não estava apenas com frio, mas muito machucada, como se tivesse sido atacada, sem falar na grande quantidade de lombrigas que estava vomitando.

“As feridas parecem ser de um animal menor que a mãe e aconteceram alguns dias atrás”, escreveu Keith. “Esta cachorrinha passou pelo pior que já vi. Marcas de mordida em todo o pescoço, uma infecção grave, desidratada e hipotérmica. Sinceramente, não tenho ideia de como ela sobreviveu por tanto tempo.”

Publicidade

De fato, seria bem difícil Roma sobreviver. Mas, ela estava de pé, viva e pronta para lutar. Então, Keith a abrigou em seu espaço até que pudesse levá-la ao veterinário na manhã seguinte para ser avaliada, medicada e para descansar com conforto, pela primeira vez em sua vida.

“Nossa garagem com incubadora, umidificador e oxigênio é a melhor coisa para ela neste momento. Agora é com ela”, escreveu Keith, se referindo ao espaço que possui para quando resgata animais debilitados das ruas.

Foto: Turtle Mountain Animal Rescue Network

Quando chegou ao médico, eles perceberam que ela não estava comendo, tomando água nem fazendo cocô, e isso estava preocupante.

Publicidade

“O veterinário e nós suspeitamos que ela está tendo problemas para fazer cocô por causa de um caso terrível de vermes”, escreveu Keith no Facebook. “Portanto, temos medicamentos orais e de fundo para administrar, tentando eliminar esses vermes. E estamos dando líquidos a ela novamente para ajudar a mantê-la hidratada.”

Assim, a pequena Roma sobreviveu a uma, duas e três noites, mostrando que estava se recuperando bem. Ela é uma cachorrinha muito forte.

Todos comemoraram pouco tempo depois, quando Roma fez cocô e quando seus curativos puderam sair porque seus ferimentos estavam cicatrizando muito bem.

Publicidade

Roma agora está bem, é muito amada por sua nova família e não lhe faltam mimos. Ela ainda sai na neve, mas, só com uma roupinha bem quentinha. Assista ao vídeo:

Veja também: Cachorro encontra tutor de 84 anos desaparecido

PODE GOSTAR TAMBÉM

gatos

Quando os humanos começaram a domesticar gatos?

bolas estranhas

Bolas estranhas: homem se surpreende ao escavar sua varanda