em

Preste atenção quando uma borboleta cruzar o seu caminho

Este frágil e belo animal é um mensageiro espiritual e uma grande referência para a vida.

É impossível não se encantar com uma borboleta. Leve, frágil e bela, voando em liberdade da maneira que todos nós gostaríamos de voar. Mas quando uma borboleta cruza o seu caminho, há muito mais que pode ser observado.

Podemos analisar o ciclo de vida de uma borboleta e comparar aos ciclos que vivemos em nossa vida: elas nascem como lagartas, rastejam em busca do alimento enquanto aguardam o momento de entrar no casulo e se prepararem para receber suas belas asas.

Essa metamorfose representa o nosso processo de amadurecimento durante a jornada da vida, desde quando aprendemos a dar os primeiros passos, depois quando nos focamos no aprendizado e enfim quando nos sentimos preparados para viver plenamente com nossas próprias escolhas.

Durante esse tempo, buscamos dar um sentido para tudo, esperando o dia em que a vida será plena e as etapas difíceis terminarão. Mas outra vez, temos que observar a borboleta, que vive no máximo por duas semanas. E então, ela esperou mais tempo para ter asas do que terá para poder voar?!

Temos que refletir que a vida não é uma espera, mais sim, um constante aprendizado, e que nossas asas já estão em nós há muito mais tempo do que acreditamos estar, mas não podemos ver, apenas sentir.

As asas se criam conforme adquirimos experiências, aprendizado e capacidade para tomar nossas decisões. Boas ou ruins, todas elas nos levam para algum lugar diferente do que estamos; todas as escolhas nos movem. Elas são nossas asas.

Em certas culturas indígenas, as borboletas são uma grande fonte de aprendizado. Representam liberdade, alegria e mudança. Por serem capazes de passar por tamanha transformação durante a vida, elas simbolizam a evolução da alma.

Se você também tem essa ligação com os animais e sua representação espiritual, vai saber que quando uma borboleta cruzar o seu caminho, uma grande transformação estará prestes a acontecer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Loading…

0

Comentários

comentários

Obstetra incentiva gestantes a dançarem antes do parto

O poder do óleo de franquincenso: já ouvir falar nele?