Vizinhança transforma beco em espaço de convivência para todos
Crédito: Reprodução
em

Vizinhança transforma beco em espaço de convivência para todos

O lugar era completamente desperdiçado e tomado pelo mato. A mudança foi sensacional

Viver em um lugar limpo, bonito e agradável é essencial para aumentar o bem-estar no dia a dia. E não é apenas dentro de casa que deve ser assim. A vizinhança também pode ser melhorada para que todos aproveitem as ruas com mais segurança e tranquilidade. Pensando nisso, uma mulher resolveu agir.

Crédito: Reprodução

Moradora da região há 22 anos, a inglesa Janet Hardman resolveu convidar todos os vizinhos para transformarem um beco sujo e sem utilidade em um espaço limpo e agradável para o benefício de todos.

“O beco estava uma bagunça absoluta: havia ovos de moscas, sujeira de cachorro, ratos, camundongos e anos de ervas daninhas”, conta Janet.

Crédito: Reprodução

Para dar início ao projeto, Janet encontrou em contato com um vereador que, por sua vez, entrou em contato com a Agência Ambiental, e assim os moradores receberam doações de floreiras e plantas para decorar o beco depois que estivesse livre das pragas e da sujeira.

Janet sabia que precisaria de ajuda para transformar o beco, e também sabia que o resultado seria muito mais valorizado se todos os vizinhos fizessem parte da transformação. Então, assim que conseguiu a ajuda da Agência Ambiental, ele fez panfletos para começar a mobilizar os vizinhos.

Crédito: Reprodução

Ao todo, cerca de 20 vizinhos ajudaram na limpeza e na transformação do beco, que levou seis sábados de manhã para ficar pronto.

“Todos nós fizemos nossa parte. Algumas pessoas fizeram porta-pássaros, bancos, cadeiras, cestos suspensos e muitos deles foram reciclados.”, relatou Janet.

Crédito: Reprodução

Depois de tudo pronto, Janet também tomou providências para incentivar a manutenção do local, evitando que volte a ser como era:

“Agora estamos encorajando as pessoas a ajudarem com a sujeira do cão, instalando uma garrafa de plástico com sacolas grátis para cães, para que as pessoas não tenham uma desculpa para não limparem as coisas.”

Crédito: Reprodução

Além de melhorar a qualidade de vida de todos, esse projeto também despertou o espírito de comunidade entre todos. Mesmo morando no local há 22 anos, só depois desse projeto ela começou a falar com alguns vizinhos.

queimadura em crianças

Queimaduras em crianças: tipos, como socorrer e como prevenir

A história de uma mãe que criou sozinha o filho com paralisia

A história de uma supermãe que criou sozinha o filho com paralisia