Ataque de gavião
Crédito: Freepik
em

Ataque de gavião: por que acontecem e o que fazer

Os casos de ataque estão ficando frequentes nas grandes cidades e é preciso saber como agir

Cada vez mais frequentes, os casos de ataque de gavião estão preocupando o país, pois a população está sem saber como agir. Não se pode simplesmente destruir o ninho ou caçar os animais, sob risco de crime e não se tem ao certo a informação de quem deve ajudar. Saiba como resolver essa situação, se estiver acontecendo na sua vizinhança.

Um gavião está fazendo uma família de Bauru, no interior de São Paulo, sua refém. A mãe e seus filhos, um deles cadeirante, não podem sair de casa sem ser atacados. A menina está sem ir à escola há alguns dias e o menor não pode ir às consultas marcadas. Já pediram ajuda do Corpo de Bombeiros, que não se responsabiliza pela ave.

Outras crianças da região também estão sendo prejudicadas, pois não podem brincar no parquinho da escola, sob risco de ataque. Também as pessoas têm que passar correndo nas áreas onde estão, como perto da escola. Caso contrário, são atacadas, saindo com hematomas e cortes, que podem inclusive atingir a área dos olhos.

Veja também: mulher encontra cobra em sacola com alface

Por que gavião ataca

Parece que são apenas animais cruéis, tentando aterrorizar a população local, onde ninguém pode passar perto do lugar em que constituiu sua casa. Mas a realidade é bem diferente, sendo o ataque na realidade, uma forma de proteção. Os gaviões atacam apenas quando estão com ovos e filhotes no ninho, como forma de garantir a segurança dos filhotes.

Mas é claro que isso não é motivo para que se abstenha de uma solução. Humanos e animais devem conviver em harmonia. Existe inclusive lei para proteger a ave, sendo proibido eliminar o ninho ou impedir a sua presença no local. Eliminar é uma possibilidade ainda mais remota, quando se fala em convivência. Então, o que fazer?

O que fazer

Dá para conviver pacificamente com gaviões que não atacam, desde que você não tente mexer no ninho deles, obviamente. Porém, alguns podem ficar mais desconfiados e passar a atacar qualquer pessoa que passe minimamente perto da sua árvore. Assim, o risco de acidentes fica muito maior e é necessário que se tome algumas ações.

A primeira delas é entrar em contato com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA). Passe todas as informações do comportamento do animal e peça para que outros vizinhos façam o mesmo, para mostrar a gravidade da situação. Solicite que uma equipe de agentes do IBAMA visite o local e recolha a família de gaviões.

Isso irá garantir uma maior tranquilidade para as aves se reproduzirem, bem como um dia a dia mais seguro para a população. Enquanto os agentes não chegam, evite andar na área dos ninhos e use guarda-chuva, como forma de se proteger. Nada de crianças sozinhas na rua ou andar por aí distraidamente.

cansaço é sintoma

Cansaço é sintoma de quais problemas?

como limpar o celular

Bactérias resistentes em objetos: como limpar o celular para evitar essa fonte de contaminação