em

Americano de 15 anos descobre teste de câncer inovador!

Jack Andraka, 15 anos, motivado pela morte de um amigo, cria um sensor que identifica câncer, de forma precoce! Ele é eficiente e barato, tendo sido criado em dois meses. Conheça o produto aqui!

“O gênio é 1% de inspiração e 99% de transpiração”. Conhece esta citação de Thomas Edison? De fato, temos um exemplo bem ajustado a esta frase de Edison. Jack Andraka tinha 15 anos, em 2012. Nesse ano, a sua família perde um amigo querido, levado por um câncer pancreático. O garoto não quis conformar-se com mais uma triste realidade da vida e pensou em colocar em prática alguma coisa que pudesse inverter este tipo de história sofrida e dolorosa.

Inspiração para uma criação inovadora

De fato, Jack conseguiu identificar uma porção considerável do problema – a ausência de exames de detecção prévia. Ora, com base nesta conclusão, ele resolve criar um procedimento de diagnóstico de câncer na fase inicial. Garoto arrojado, muitos terão pensado! Pois, na realidade, ele apenas tinha 15 anos de idade.

Na verdade, o garoto tinha determinação suficiente e motivos bem dignos para levar o seu propósito avante. Note que o câncer pancreático é o quarto que mais pacientes mata, falecendo 34 mil pessoas por ano por causa dele. Tristemente, este tipo de câncer é diagnosticado já em fase avançada e tem taxas de sobrevivência muito baixas.

Sensor mais eficaz e econômico

Este pequeno cidadão de Crownsville, estado americano de Maryland, dedicou-se bastante ao seu objetivo. Então, foi numa feira de ciência bem posicionada mundialmente que ele compartilhou a sua pioneira (mas simples) criação. Ora, trata-se de um sensor de papel que localiza o câncer do pâncreas até 168 vezes mais célere do que os equipamentos convencionais utilizados para mesmo efeito. Para seu conhecimento, esta invenção consegue adivinhar todos os casos de câncer. Incrível, você não acha?

Mais, o sensor de Jack é 26 000 vezes menos caro, 90% mais certeiro e 400 vezes mais sensitivo do que os procedimentos correntes. Quer ter uma ideia mais verdadeira? Este teste do menino de 15 anos custa três centavos de dólar por doente, sendo que os processos atuais têm um custo de 800 dólares, mas não são tão eficientes.

Google foi o grande apoio do jovem

Deste modo, podemos dizer que, Jack de 15 anos, conseguiu encontrar uma forma mais competente e barata que a lucrativa indústria do câncer alguma vez descobriu. Ele apenas demorou dois meses e utilizou o portal de busca Google como quase exclusivo método de investigação para criar o seu teste de câncer. Fenomenal!

Esta invenção surgiu há quatro anos e onde anda ela? Sendo assim tão barata já deveria ter sido difundida mundialmente. Porém, o seu paradeiro foi escolhido pelas motivações econômicas, ou seja, a prateleira.

3 Comments

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0

15 aplicações do sal que você provavelmente não conhece!

Artrite: conheça 7 exercícios para tratar a sua dor!