alimentação ayurveda
Crédito: Freepik
em

Princípios da alimentação ayurveda: descubra um novo estilo de vida

Enxergue suas refeições com um novo olhar e perceba que nutrir o corpo não tem a ver com encher a barriga

A palavra ayurveda é formada pelos termos “ayus” (vida) e “veda” (conhecimento). O termo “ayus” é definido pelo principal texto de clínica médica ayurveda como “a combinação de corpo, órgãos dos sentidos, mente e alma”. Portanto, a alimentação ayurveda é uma das partes que compõem todo o conhecimento da vida segundo a medicina ayurveda, com seu desenvolvimento e evolução de milhares de anos no subcontinente indiano.

Se você tem interesse em aumentar seus conhecimentos nesse caminho, a começar por mudanças importantes na sua alimentação, confira a seguir alguns dos aspectos fundamentais de uma alimentação adequada, de acordo com a medicina ayurveda.

Veja também: bebidas naturais para aumentar a imunidade 

Como melhorar a saúde com alimentação ayurveda

como fazer alimentação ayurveda dicas
Crédito: Freepik

Para compreender a importância das escolhas alimentares nessa medicina é importante saber que, de acordo com essa ciência, o universo é formado por 5 elementos básicos da natureza: espaço (ou éter), ar, fogo, água e terra.

A ayurveda busca estudar as influências desses elementos na natureza e no ser humano, considerando que o Homem é um microcosmo dentro do universo, que é o macrocosmo.

Ou seja, toda vida faz parte de um só sistema, e por isso existem formas de conviver em harmonia, livre de doenças, crenças e prisões em geral, do corpo e da mente.

A alimentação é uma das suas esferas que permite essa liberdade ser, e você vai saber mais sobre ela agora, seguindo seus 20 princípios, de acordo com as orientações do Dr. Anderson Moreira da Rocha, do site Ayurveda.

1. Alimentação variada

É importante incluir os 6 sabores na alimentação, pois é fundamental que cada refeição seja bem variada, o que permite adicionar muitos e diferentes valores nutricionais.

2. Não fique cheio

O objetivo de se alimentar é nutrir o corpo e sentir o prazer dos sabores, o que é o oposto de comer para sentir a barriga cheia. Saia da mesa com um espaço vazio no estômago, sentindo-se leve. Não confunda essa leveza com fome não saciada. Você já comeu o suficiente.

3. Valorize o momento

O momento da refeição deve ser calmo, sem qualquer interferência externa, em especial de equipamentos eletrônicos, como televisão e celular. Concentre-se e vai conseguir perceber o que é a verdadeira nutrição que oferece ao seu corpo.

4. Faça atividade física

Não existe saúde sem a prática de atividades físicas regulares. Para fazer uma boa digestão e evacuação, o corpo necessita estar em constante movimento. Exercite-se conforme os limites do seu corpo.

5. Evite gelados

Ela também defende que os alimentos muito gelados, também as bebidas, dificultam uma boa digestão, então devem ser evitados.

6. Seja príncipe, rei e mendigo

Isso quer dizer: tome café da manhã como um príncipe, almoce como um rei e jante como um mendigo. O almoço deve ser a refeição mais farta do dia, e o jantar, a mais leve. Mesmo assim, nunca exagere. Lembre-se do princípio número 2.

7. Crie uma rotina

Muitas pessoas não gostam de rotina, e isso pode se aplicar a determinados pontos da vida, mas o seu organismo necessita de uma certa rotina para saber como agir em benefício da sua saúde. Então, procure comer nos mesmo horários todos os dias.

8. Escolha manteiga ghee

A manteiga ghee é a manteiga clarificada, ou seja, livre da parte amarela da lactose. Utilize 1 colher de chá dessa manteiga nas suas refeições para facilitar a digestão e evacuação.

9. Varie nos condimentos

A culinária indiana oferece uma imensa variedade de condimentos a utilizar no preparo dos alimentos. Eles são naturais, cheios de cor e de sabor, e ajudam a ter uma melhor digestão. Compre, de preferência, em lojas à granel, garantindo boa qualidade, sem misturas falsas.

10. Beba água com limão

Muito se ouve falar em beber água com limão em jejum. A alimentação ayurveda defende essa prática, mas a dica é tomar 1 copo de água com apenas 5 gotas de limão. Sua digestão e evacuação agradecem.

11. Mastigue conscientemente

Mastigar com consciência não é uma tarefa fácil, principalmente quando se está comendo com a atenção voltada para outras coisas. É essencial mastigar muito bem os alimentos, com calma, para triturá-los bem e sentir o sabor por completo. A digestão será muito mais fácil.

12. Beba água entre as refeições

Evite ficar engolindo a comida com alguma bebida junto. Mastigue calmamente e deixe para tomar água ou chá somente quando terminar de comer.

13. Coma o que a natureza cria

Todos os alimentos que você não consegue imaginar crescendo na natureza, evite. Você não pode colher margarina, refrigerante, salgadinhos nem chocolate com caramelo na natureza.

14. Frequente feiras orgânicas

Substitua as hortícolas de supermercado, que contêm agrotóxicos, por opções orgânicas, vendidas em muitas feiras.

15. Cozinhe tudo o que come

Faça seus alimentos em casa, com suas mãos e seu paladar. Tudo que é feito por você é mais fácil de controlar.

16. Coma hortícolas da época

Em cada época do ano, certos frutos, verduras e legumes estão mais frescos, pois é a colheita deles. Coma sempre as hortícolas da época, sem estarem congeladas.

17. Coma quando tiver fome

Essa filosifia também consiste em comer a próxima refeição apenas quando a refeição anterior já tiver sido digerida e o seu organismo começar a pedir mais alimento. A gula deve ser eliminada da sua vida.

18. Faça um dia de limpeza por semana

Toda semana o seu organismo precisa de uma limpeza, ainda que a sua alimentação esteja sendo saudável. Isso quer dizer que, se você ainda come alimentos de origem animal e industrializados, passe um dia da semana sem eles.

19. Chá de erva-doce

O chá de erva-doce (ou funcho, mesma planta), é um ótimo aliado da boa digestão. Adicione esse chá no intervalo de suas refeições diárias.

20. Não coma para satisfazer sentimentos

Nunca faça da comida um apoio para ansiedade, felicidade ou tristeza. Nesses momentos de sentimentos extremos, o risco de comer exageradamente é altíssimo. Nunca desconte seus sentimentos na comida. Em vez disso, medite.

One Comment

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0

Comentários

descongestionante nasal caseiro

Descongestionante nasal caseiro: como fazer e usar

chá expectorante

Receitas simples de chá expectorante para tosse e catarro