em

A alegria reside na consolação do Senhor

Mensagem de amor e de fé na consolação do Senhor em oposição à vida dupla, que reside na escuridão.

O conhecido Evangelho da ovelha que tem a sua maior alegria na consolação de Deus foi o foco principal da homilia do Papa Francisco.

A consolação é mais poderosa que o julgamento

De acordo com o máximo representante da Igreja Católica, Deus chega-nos como um salvador, que nos ama como realmente somos, sem nos condenar. O Senhor orienta, para que possamos escolher um caminho de ternura e salvação, mas amar-nos sempre na nossa essência.

Essa foi a mensagem principal do sermão. O amor do senhor é eterno. Esse desígnio vive sendo reforçado pela conduta desse Papa, que afirma que quem se perde não o faz por não saber o caminho, mas sim porque o seu “coração está doente”. A doença do coração vai desviar o Homem do seu caminho. O ímpeto de se afastar do Senhor e de satisfazer os desejos fabricados na escuridão vai fazer com a ovelha abandone a rota do rebanho. A tentação vai ser cair numa vida de duplicidade. Mas o Senhor não prega olho e vai fazer por colocar no caminho da ovelha fugidia argumentos que a tragam de volta para a rota da razão.

Judas, a ovelha que se perdeu porque o coração estava doente

Para melhor ilustrar esses desígnios divinos, o Papa Francisco refere o exemplo de Judas, “a mais perfeita ovelha perdida no Evangelho”. Judas vivia com amargura no coração, criando barreiras entre si mesmo e os outros. Era incapaz de imaginar a alegria que é vivermos como e para os outros. E essa seria a grande razão da sua insatisfação, e constante procura da sublimação na escuridão. Por isso Judas levava uma vida dupla, como fazem também muitos outros cristãos. Antes de julgarmos temos de compreender que todos nós temos um pouco de ovelha perdida, e temos a capacidade de nos virmos a perder. Por isso devemos entender e ajudar os nossos irmãos para que um dia eles possam fazer o mesmo por nós.

Deus soube que Judas agiu com o coração dividido, porque o seu coração estava doente. No final da sua história, o caos que semeou com a sua vida o conduziu ao desespero. E o consolo de Deus surge sobre a forma de arrependimento, e foi esse mesmo arrependimento que colocou Judas de novo no caminho do Senhor. É por isso que devemos procurar a nossa satisfação no consolo de Deus, e não na efemeridade da vida dupla.

“Quem não conhece as carícias do Senhor não conhece a doutrina cristã.”

De acordo com o Papa, é bom relembrar que a doutrina do Senhor é uma doutrina do amor, e que a alegria não está na escuridão, nem na duplicidade, mas na consolação. O poder curativo de Deus não se encontra no julgamento nem na condenação, mas nessa mesma consolação. É apenas com essa força que as ovelhas retornam ao caminho do bem. Nada é mais forte que o amor, nada é mais forte que a ternura daquele que nos amou e continua amando e que deu a vida por nós.

Se tiver interesse, assista a seguir o vídeo com uma homilia do papa Francisco na Missa do Galo:

Compartilhe essa bela mensagem!

One Comment

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0

Azeite de oliva extravirgem falsificado

Exercícios para entrar em forma sem sair de casa