garoto desaparecido há treze anos
Crédito: Reprodução
em

Adolescente descobre ser criança desaparecida há 13 anos

Ele não fazia ideia de que sua mãe estava em algum lugar sofrendo por sua perda

Julian Hernandez tinha apenas 5 anos de idade quando simplesmente desapareceu. O ano era 2002, e a mãe dele denunciou o desaparecimento, no estado do Alabama, com uma suspeita: ela acreditava que o pai de Julian, Bobby Hernandez, o tivesse levado embora, pois também estava desaparecido.

As buscas ao garotinho aconteceram por muito tempo, mas nada de boas notícias. Depois de alguns anos, o caso foi transferido para os arquivados, ou seja, não haveria mais buscas.

Porém, o inesperado aconteceu. Depois de 13 anos do desaparecimento, Julian, na época com 18 anos, estava querendo se inscrever na universidade quando levou um susto: descobriu que seu número de Seguro Social não correspondia ao seu nome. Como era possível?

Então, o jovem teve a ajuda do seu conselheiro escolar e eles descobriram que Julian estava no banco de dados do Centro Nacional para Crianças Desaparecidas e Exploradas.

Membros da Força-Tarefa de Crimes Violentos do FBI em Cleveland, o Centro Nacional para Crianças Desaparecidas e Exploradas, o Departamento de Polícia de Vestavia Hills e a Divisão de Birmingham do FBI trabalharam no caso e foi confirmado que Julian Hernandez havia sido encontrado, disse uma porta-voz do FBI.

Bobby, acusado de levar o garoto para longe da mãe sem permissão e de adulterar os documentos do filho, foi preso. A família, que reencontrou o jovem, ficou imensamente feliz. “Nossa família ficou muito feliz esta semana ao localizar Julian e saber que ele está seguro. Queremos agradecer a todos por suas orações e apoio durante o desaparecimento de Julian.”

alex e jordan caso de tortura

Rapaz foi torturado pela namorada durante 4 anos

como fazer vaso de cimento e inspirações

Vaso de cimento: como fazer e inspirações para usar na decoração