Crédito: Reprodução Facebook
em

Adolescente que cortava cabelo por R$ 2 ganha salão para trabalhar

Ela tem apenas 17 anos e saiu de uma cadeirinha na garagem para um super salão

Publicidade

Quantos adolescentes que você conhece estão procurando formas de ajudar financeiramente em casa? Claro que é a época que eles têm que focar nos estudos, mas às vezes as coisas saem um pouco dos trilhos e é sempre bom contar com uma ajuda extra. Essa jovem de apenas 17 anos não pensou duas vezes para buscar uma forma de conseguir renda e foi realmente recompensada.

Thayssa Caramez mora em Praia Grande, em São Paulo, e desde pequena acompanhava a rotina da mãe no salão. Aos poucos, foi aprendendo algumas coisas, mas o que ela realmente gostava era usar a máquina para cortar cabelo masculino. Além de fazer desenhos super legais, ela podia também dar um ar mais estilizado para cada cliente.

Publicidade

Pensando nisso e somando à necessidade da família, ela decidiu montar sua pequena barbearia. Na garagem de casa, ela colocou uma mesinha simples, com um espelho e equipamentos, como um aparelho antigo. Colocou uma placa do lado de fora e começou a cobrar apenas R$ 2 por cada corte.

A mudança

Adolescente que cortava cabelo por R$ 2 ganha salão
Crédito: Reprodução Facebook

Rapidamente, ela conseguiu uma clientela fiel, que conheceu o lugar por causa do preço, mas continuou por amar o trabalho da menina. Sua mãe, Gisele Rosa, ficou encantada com os resultados e, orgulhosa, postou em suas redes sociais a iniciativa da filha. E foi assim que ela ficou conhecida em todo o país, chamando a atenção até mesmo da TV.

Publicidade

Um famoso programa que reforma salões de beleza decidiu ajudar Thayssa e, além de organizar e equipar um espaço para ela, ofereceu vários cursos profissionalizantes. Ela hoje está no ensino médio e já começou a atender os clientes novamente, dessa vez em um espaço super descolado, com um preço ainda justo.

Para seu futuro, ela quer continuar como barbeira, porém sonha em fazer faculdade de produção multimídia. Feliz por já saber o que quer, mesmo tão jovem, ela está animada para custear seus estudos com o próprio esforço e já sonha em ampliar o que conquistou, sempre ajudando aqueles que mais a apoiaram, seus pais.

No final da vida, pais se tornam os filhos dos filhos

No final da vida, pais se tornam os filhos dos filhos

salvar arroz empapado com pano de prato

Como salvar arroz empapado com pano de prato