em

Abelhas atacam durante missa em Minas Gerais

Acredita-se que um incenso da celebração tenha desencadeado o ataque e nem mesmo o padre foi poupado
abelhas atacam durante missa
Crédito: Pixabay

Abelhas atacam durante missa e fazem 30 fiéis e o padre precisarem de atendimento médico. A missa ocorria em uma escola, onde era celebrado o dia de Nossa Senhora Aparecida e o dia das crianças.

Os ataques de abelhas normalmente ocorrem quando elas estão de mudança para uma nova colmeia, voando sempre juntas para proteger a rainha. Isso pode ocorrer também quando são perturbadas com sons altos e gritos.

Ataque à missa

Abelhas atacam durante missa de celebração na quadra da Escola Estadual Elza Oliveira Lage, em Ipatinga, Minas Gerais. Havia cerca de 500 pessoas no local, sendo 150 delas crianças.

A celebração ocorria devido ao dia de Nossa Senhora Aparecida e ao dia das crianças, mas teve que ter a sua data transferida para o dia 14 de outubro, dois dias depois, em consequência do ataque. Sendo realizada na própria igreja.

O enxame de abelhas feriu cerca 60 pessoas, entre adultos e crianças e nem mesmo o padre foi poupado. Todas as vítimas foram atendidas por médicos e não foram registrados casos graves. Apenas dois adultos ficaram em observação e as dez crianças afetadas permaneceram internadas, mas todos passam bem.

Após a correria e os gritos causados pelos insetos, acreditam que o que desencadeou o ataque tenha sido o incenso. Ele foi posto em um recipiente próximo a uma das colunas de sustentação da quadra, onde estaria a colmeia, por isso, as abelhas atacam durante missa.

O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais conseguiu conter as abelhas, vestindo trajes de apicultor e espalhando um fumigador, que fez com que elas voltassem à colmeia. A retirada da colmeia ainda será agendada.

O que fazer após uma picada de abelha

abelhas atacam durante missa em MG
Crédito: Pixabay

Picadas de abelhas são dolorosas e algumas pessoas sofrem de alergia a ela. Não há motivo para desespero, picadas de abelha são comuns e há meios de melhorar a dor e a coceira na área afetada.

A primeira coisa que deve ser feita após a picada é retirar o ferrão da abelha com rapidez. Enquanto o ferrão permanece na pele, ele vai liberando veneno, que é o que deixa a picada inchada e dolorida. Então, quanto mais rápido tirar, menor será o efeito do veneno.

Após a remoção do ferrão, lave a área com água e sabão e coloque gelo sobre a picada. O gelo vai ajudar a reduzir o inchaço e diminuir a dor local. Caso a dor seja intensa pode-se tomar um analgésico simples, como paracetamol ou ibuprofeno.

Se estiver com muita coceira no local, tome um anti-histamínico que você já seja acostumado, sempre seguindo as recomendações da bula. A dor e o inchaço costumam desaparecer depois de algumas horas da picada.

Pessoas alérgicas a picada de abelha devem tomar um cuidado especial, pois a picada pode se tornar fatal. Sempre observe se após a picada o pescoço ou o rostos incharam, se há dificuldade de respirar e se apresenta tontura e/ou náuseas. Esses são sintomas de uma reação alérgica e, se isso acontecer, vá imediatamente a um pronto-socorro.

Em casos de ataques de enxames, tente espantar as abelhas sem matá-las, pois ao morrer elas soltam um odor que atrai outras. Cubra-se e vá ao hospital.

Veja também o que fazer com picadas de animais peçonhentos em cães e gatos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0
Comentários
beijo de cachorro quase o matou
O beijo de cachorro quase o matou
amor incondicional
Amor incondicional: o que é e como buscar