em

Saiba a verdadeira história do Papai Noel

Se você acha que sabe de onde vem o Bom Velhinho, veja algumas coisas que você nem imaginava!
a verdadeira história do papai noel
Crédito: Freepik

Sabe aquele senhor bondoso, de barba branca e roupa vermelha, que entrega milhões de presentes na véspera de natal? Então, ele nem sempre foi assim. Conheça a história do papai noel, desde quando ele não era tão bonzinho assim.

Coisas que você não sabia sobre o Papai Noel

A lenda de Papai Noel é oriunda da fusão de várias outras lendas, que acabaram se unindo e gerando uma que se sobressaiu, graças aos meios de comunicação. Veja algumas delas.

1. Odin, para os nórdicos

historia do papai noel odin
Crédito: Templo de Apolo

Em um dia especial, o solstício de inverno, Odin monta em seu cavalo de 8 patas e, ao cair da noite, ele percorre as ruas, atropelando quem estiver fora da cama.

Além disso, nessa mesma noite, ele se transforma em fumaça e entra nas chaminés das casas, entregando presentes para as boas famílias, colocando dentro das botas que estão secando junto à lareira.

2. Sinter Klaas, na Holanda

historia do papai noel sinterklaas
Crédito: Diaries of an Explorer

Vestindo túnica vermelha, tradicional do bispado, com aquele chapéu pontudo, o bispo Sinter Klaas chega em um barco a vapor e percorre as cidades, vendo quem se comporta e quem não está de acordo com as regras.

Os bravos holandeses mantiveram sua tradição de comemorar o dia de Sinter Klaas, mesmo com a proibição da igreja católica, que não concordava com o bispo homenageado.

A população resistiu e, em todo dia 6 de janeiro, havia troca de presentes e banquetes generosos, passando posteriormente para o dia de Natal.

3. Pai Natal, da Inglaterra

historia do papai noel ingraterra
Crédito: MousePlanet

E foi aí que ele começou a habitar o Polo Norte. Para os ingleses, o Pai Natal se traja de verde e, ao invés de se vestir de vermelho, usa verde e peças de couro, para espantar o frio.

E ele não dá presentes, pelo contrário, vaga de casa em casa, na noite de Natal, para fazer um lanchinho com as famílias preparadas para a data.

4. São Nicolau

historia do papai noel são nicolau
Crédito: Catedral Porto Alegre

Papai Noel também deriva da imagem de um santo católico que nasceu na Turquia, que sempre ajudava crianças carentes, órfãos e meninas pobres que não podiam pagar o dote para casar, tirando do próprio bolso.

Ele tentava fazer isso de forma anônima, mas acabou ficando famoso, tornando-se santo. Ele costumava também colocar presentinhos simples e doces para crianças carentes.

Ele adotou também um órfão bem franzino, que o acompanhava em todos os lugares, ajudando a distribuir os presentes e outras caridades. Dizem as boas línguas que ele foi o primeiro duende do Papai Noel.

Ele morreu no dia 6 de dezembro, data em que se fazia festas em sua homenagem, que posteriormente foi adiada para o dia 25.

5. Papai Noel alemão

historia do papai noel alemanha
Crédito: Wikimedia Commons

Como estava proibido celebrar o Papai Noel, e, pelo que parece, os alemães não foram tão corajosos quanto os holandeses para manter a tradição, mesmo com a proibição, eles deram um jeitinho para ainda manter a troca de presentes.

Os entregadores, vestidos em roupas grossas e quentes e com um saco cheio de presentes, diziam que estavam distribuindo os agrados a mando do menino Jesus.

Eles levavam presentes às crianças comportadas e também separavam aquelas que não se comportaram durante o ano, da sua família.

Qual a origem do Papai Noel atual?

Os primeiros traços modernos vieram de uma história de Natal, criada para os filhos de um ministro estadunidense, que acabou caindo no agrado das pessoas.

O poema The Night Before Christmas — em português A Véspera de Natal — retrata o Papai Noel como um gorducho bondoso, que anda em um trenó movido a 8 renas encantadas e entrega presentes nas casas no dia 24 de dezembro.

Ele se tornou muito popular nas décadas de 30 e 40, podendo ser encontrado em locais como centros de compras e no exército da salvação.

Já a tradicional roupa vermelha, com pelo branco aparado nas bordas e cinto largo em um sujeito corpulento foi criação de uma revista, inspirada nas descrições anteriores, sendo muito utilizada para inspirar as pessoas durante as propagandas da Guerra Civil.

Uma das imagens veiculadas pela mídia incluía o Papai Noel de vermelho, envolto pela bandeira estadunidense, entre soldados do exército que estavam acampados, longe da família.

Padronização da imagem

A popularização da imagem do Bom Velhinho só aconteceu mesmo com as propagandas da Coca-Cola.

Ela utilizou todas as referências anteriores e criou um Papai Noel com rosto bondoso e rechonchudo, roubando uma garrafinha da bebida na geladeira, ícone que se mantém até os dias atuais, acrescentando só os ursos polares fofinhos e muitas luzes de Natal.

Independente da origem da imagem do Papai Noel, a festa envolve montar um presépio, escutar as melhores músicas de Natal e reunir a família.

Redigido por Angela Oliveira

Mãe de três, esposa em treinamento há mais de duas décadas, nerd assumida e karateca por paixão. Ama escrever e procura sempre as melhores informações para compartilhar e deixar seu dia a dia mais leve, simples e gostoso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Loading…

0
Comentários
como tirar manchas de espinha
Como tirar mancha de espinha do rosto
10 Ideias de presentes tecnológicos para o Natal