Hábitos de limpeza dona de casa BR x PT
Crédito: Freepik
em

8 Hábitos de limpeza da dona de casa do Brasil e de Portugal

Será que as brasileiras e portuguesas sabiam dessas diferenças, e concordam que existem mesmo?

Publicidade

Muitos brasileiros se mudam para Portugal todos os anos, e por conta do idioma em comum, acreditam que não encontrarão muitas mudanças nos hábitos diários. Bem, a cultura é diferente, logo, alguns hábitos de limpeza e cuidados com o lar também podem surpreender.

É claro que não é uma regra, já que cada pessoa tem seu jeito de cuidar da casa, seja qual for o país em que vive. Mas, vamos ver se as donas de casa portuguesas e as brasileiras que se mudaram para Portugal concordam com essa lista.

1. Lavar roupa na lavanderia ou usar secadora em casa

O hábito de usar secadora de roupas não é tão incomum no Brasil, mas em Portugal esse é um eletrodoméstico mais popular, até mesmo por conta do preço. Além disso, muitas brasileiras podem chegar em Portugal e aderir ao serviço das lavanderias para lavar e secar as roupas com agilidade, já que no inverno português há dois empecilhos: o inverno chuvoso e as chaminés que exalam fumaça o dia todo, deixando as roupas no varal com cheiro de lenha queimada.

2. Deixar itens para doação ao lado do contentor

No Brasil é mais comum doar as roupas e objetos que não quer mais diretamente para quem precisa ou no Serviço Social. Em Portugal, quando as donas de casa fazem aquela limpeza nos armários e separam o que não querem mais, é comum levar tudo a um contentor específico para roupas e sapatos que fica, geralmente, em algum ponto da rua. Ao lado do contentor podem ficar outros objetos, como eletrodomésticos.

Publicidade

3. Limpar o banheiro sem jogar água

É bem comum no Brasil jogar água no piso do banheiro, depois esfregar com produto de limpeza para dar a sensação de que está mais limpo. É fácil fazer isso, pois a maioria dos banheiros brasileiros tem um ralo para escoar a água. Em Portugal não há ralos, portanto, não há como jogar água no piso. O melhor mesmo é varrer e passar pano com algum desinfetante.

4. Dar preferência ao aspirador de pó

Esse hábito pode ser que muitas brasileiras e portuguesas discordem, pois varia bastante de casa para casa. Mas, segundo a experiência de muitas brasileiras em Portugal, é mais comum usar aspirador de pó dentro das casas. No Brasil esse hábito é mais comum para limpar tapetes e pisos revestidos com carpete.

5. Não usar tanque de lavar roupa

No Brasil, toda casa tem um tanque para lavar roupas e calçados à mão e para guardar produtos de limpeza no armarinho abaixo do tanque. Em Portugal, poucas casas têm o tanquinho, então, quando uma brasileira quer lavar algo na mão, precisa de um balde, bacia ou usar a pia da cozinha mesmo.

Publicidade

6. Desapegar das marcas de produtos de limpeza

Em Portugal há uma boa variedade de marcas para todos os tipos de produtos, inclusive de limpeza. Mas, como as marcas mais baratas são bem eficientes, não existe o mesmo apego que há no Brasil em usar sempre a marca “x” mais famosa. Aliás, esse desapego de marcas serve para tudo em Portugal, e é libertador.

7. Jogar papel higiênico dentro do vaso sanitário

Em Portugal, o vaso sanitário se chama sanita, e é bem comum jogar o papel higiênico lá dentro, até porque nem todo banheiro tem lixeira. Quando há, serve para jogar outros materiais, como absorventes. No Brasil não tem condições de fazer isso porque as tubulações de esgoto não são apropriadas e entopem com facilidade.

8. Usar sacolas recicláveis e reutilizáveis

Quando vão ao supermercado, muitas donas de casa portuguesas costumam levar sacolas plásticas grandes e reforçadas, feitas de material reciclável. No Brasil esse hábito até existe, mas ainda pouco, até porque as sacolinhas de mercado, embora finas e mais fracas, são de graça. Em Portugal você pode escolher entre uma sacola reutilizável, que custa em torno de €0,50, uma sacola de papel ou de plástico reforçado, que custa entre €0,10 e €0,15.

Publicidade
Direitos dos idosos no Brasil

Direitos dos idosos no Brasil – que nem todo mundo conhece

Corpos estranhos no ouvido

Corpos estranhos no ouvido: O que fazer quando isso acontecer?