em

Trate unhas encravadas em casa

Este é um grande incômodo para os pés, mas há meios muito simples de evitar ou tratar as suas unhas

Uma das coisas mais desagradáveis são unhas encravadas. O pior é que elas exigem algum tempo de tratamento, e ainda podem se transformar em problemas maiores.

Antes que uma unha encravada vire um problema cirúrgico, existem algumas atitudes que você pode tomar.

Mas primeiro, vamos ver como as unhas podem encravar.

Deste modo você pode prevenir este mal.

Calçado:

Além de calos, um sapato que não está confortável em seus pés é uma fonte de problemas. Ao apertar as unhas, o calçado pode fazer ela se enterrar debaixo da pele, e crescer na direção errada.

Corte:

As unhas dos pés devem ser cortadas retas, para que suas pontas não cresçam para debaixo da pele.

Lesões:

Qualquer acidente com os dedos, pode forçar as unhas a crescer para baixo. Por isto, é importante ter atenção, por menos grave que seja a lesão provocada.

As pessoas com diabetes devem ter uma atenção especial com as unhas encravadas, pois qualquer problema nos pés é de difícil tratamento. Nestes casos, devem sempre consultar um médico.

Reconheça o problema

É simples perceber que a unha encravou. Há dor no leito da unha, o local onde ela deveria crescer normalmente, o dedo passa a ficar vermelho e inflamado, se chegar ao ponto de infecção, haverá pus ou sangue na área afetada.

Entretanto, este é um problema que conseguimos resolver em casa. Basta seguir estas duas orientações:

Colocar os pés na água:

Molhar os pés ajuda a amaciar a pele. Assim, sempre faça isto durante 20 minutos, para evitar que a pele empurre a unha cada vez mais para baixo. Sempre com água de morna para quente, de duas a quatro vezes por semana. Pode colocar um pouco de bicarbonato de sódio na água.

Usar algodão sob as unhas:

Seque bem os pés. Faça um enroladinho bem fino com um pedaço de algodão. Com muito cuidado coloque entre a unha e a pele. Deixe ficar, para que a unha possa recuperar sua linha de crescimento normal. Haverá alguma pressão, mas não deve sentir dor. O ideal seria ficar com o algodão até repetir o procedimento.

Soluções para a dor

Vinagre de maçã:

Molhe um cotonete e aplique sobre a área dolorida. Faça várias vezes ao dia.

Óleo de eucalipto:

Encharque um algodão e coloque sobre o dedo com problema.

Limão:

Corte uma rodela e esfregue com suavidade sobre a área com problema. Se o dedo estiver infeccionado, amarre com um pano e deixe por toda a noite.

Durante todo este tratamento tenha cuidado com os pés, use sapatos abertos e evite lesionar os dedos.

Se os problemas continuarem, vá ao médico!

Atenção: as dicas do site não substituem uma consulta ao médico.

2 Comments

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Loading…

0

Comentários

comentários

5 receitas de desodorantes naturais para fazer em casa

Veja os benefícios do álcool de alecrim