em

AmeiAmei

Chega uma hora que a mulher larga de mão…

Só o que é para ficar fica…

Tudo tem um limite nessa vida. A gente sofre, corre atrás, se doa, se entrega, mas em um dado instante chega o cansaço. Aquela pessoa que era dona dos nossos sentimentos passa a ser como um estranho.

Não há porque perder tempo e investir em alguém que não quer o amor que temos para dar. Realmente sofrer por amor é uma das maiores dores que existe, dá um aperto no peito, a pessoa chora, perde tempo da vida sofrendo muitas vezes por alguém que não vale a pena.

Mas tem aquele momento em que nossa mente dá um estalo e a vida vira para você e diz: Como é? Vamos parar com isso? Você não precisa dele!

Então é nesse momento que a pessoa se dá conta do seu potencial, de que é capaz de seguir em frente e que cabe somente a ela a escolha de sair de cabeça erguida.

A grande questão é que a mulher geralmente é mais sensível, mais sentimental e demora para se desapegar, mas chega um dado momento que inevitável, não há o que fazer.

A mulher sempre cai de cabeça, se deixa levar, se joga. Quando ela está interessada faz de tudo para agradar a outra pessoa. Mas a partir do momento que percebe que não lhe é dado o devido, valor ela entrega os pontos. E quando ela decide largar de mão e deixa de se preocupar com a pessoa, pode ter certeza de que não há mais interesse.

As mulheres podem muitas vezes demorar a resolver algo, mas quando fazem uma escolha, vão com ela até o fim, aconteça o que acontecer, passe o tempo que for. Não adianta chorar, pedir, implorar, que ela não vai ceder.

Nem adianta ter esperanças, uma mulher decidida não vai mudar de ideia pois ela tentou de tudo para dar certo e você não fez a sua parte.

Não é fácil chegar a essa situação, muitas vezes as mulheres negam, fecham os olhos para as atitudes de seus companheiros, ignoram por muito tempo a falta de compromisso e o descaso. Mas todos têm seus limites e quando o delas chega é melhor sair do caminho.

Ninguém merece viver do desprezo, da metade do outro, as pessoas merecem o completo, alguém que saiba dar o amor na medida que se merece.

E não adianta dar “murro em ponta de faca”, o negócio é seguir a vida, com certeza ela te reserva algo bem melhor no futuro. Não tenha medo de tomar uma decisão!

Contudo, quando ela decide, não vai logo procurar uma outra pessoa para depender. Ela vai pegar munição para poder se reerguer, vai juntar aos poucos os seus pedaços para voltar a ser o que era.

Rios de tristeza irão se formar dentro dela, mas uma hora irão secar e darão lugar a campos lindos e verdes e a tornarão mais forte e madura.

E elas são assim, se dão, vivem a cada momento pela pessoa, mas quando a ficha cai é para nunca mais. Mas não se sinta mal, só é para ficar o que tem que ficar…

Gostou? Então compartilhe com suas amigas!

One Comment Leave a Reply
  1. é muito difícil, doloroso, angustiante abrir mão, soltar, deixar ir, mas tem toda razão, cansa só um fazer, querer dar certo, mas ao meu ver o mais triste de tudo isso é outro te fazer sentir culpado por parecer que não fiz o suficiente, que não tentei, fez um estrago tão grande que não tem mais conserto, perdoa diz alguém, sim posso até desculpar mas não sou obrigada a aceitar o que outro me faz e que me machucou tanto, prefiro me afastar e lamber as feridas e quem sabe recomeçar como o texto diz…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0
Comentários
Depois que encontrei a paz dentro de mim, percebi que estar sozinho é maravilhoso!
inveja
A inveja pode estar mais perto do que você imagina